Copa do Mundo 2022: por que o número de mortes nos canteiros de obras é difícil de quantificar

Atualizado em 01/12/2022 às 16:40

Criticado pelas condições de trabalho dos imigrantes contratados para construir a infraestrutura da Copa, o Catar afirma que somente três operários morreram em um acidente em seus canteiros de obras entre 2015 e 2021. No entanto, outra quantidade é regularmente citada: a de mais de 6.500 mortos. Embora essa cifra tenha sido publicada pelo The Guardian em 2021, ela é incorretamente interpretada como o total de trabalhadores imigrantes que morreram nas obras do país. A conta exata é complexa, mas a ordem de grandeza flutua, segundo diversos especialistas, em torno de “milhares de mortes”.