O ministro suíço visitou uma escola de Enfermagem onde a aula prática é feita com bonecos

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Imagens do ministro da Saúde da Suíça, Alain Berset, no que parece ser uma enfermaria de hospital apenas com bonecos foram compartilhadas centenas de vezes nas redes sociais desde 18 de dezembro de 2020 afirmando ser proposital para fingir que são pacientes com covid-19. Na realidade, as fotos mostram o chefe da pasta na sala de prática de uma escola de Enfermagem onde são usados bonecos para o aprendizado dos alunos.

“O Ministro da Saúde da Suíça, Alain Berset visita o Hospital de Neuchâtel. Tentaram eliminar a imagem (vejam que nas camas os ‘pacientes’ são bonecos), mas a internet não perdoa nem esquece”, indica o texto que acompanha as publicações compartilhadas no Facebook (1, 2, 3), nas quais se vê uma ou mais fotos de um quarto com bonecos em camas de hospital e pessoas com máscaras.

As imagens também circularam no Twitter (1, 2), assim como em inglês, alemão, francês e espanhol.

Captura de tela feita em 13 de janeiro de 2021 de uma publicação no Twitter

Uma busca reversa no Google por uma das fotografias levou a um artigo do jornal suíço Blick com data de 18 de dezembro de 2020. Nele é assinalado que houve uma confusão sobre a cena com os bonecos e a visita do ministro devido a um erro na formulação do título da imagem.

“A foto dizia que Berset havia visitado o hospital de Neuchâtel. Isso não está errado, mas a imagem mostra algo mais: uma sala de formação na Universidade de Ciências Aplicadas Arc Santé em Neuchâtel, onde se formam as futuras enfermeiras”, explica a nota.

Berset foi a essa universidade depois de se reunir com funcionários do departamento de covid-19 no hospital de Neuchâtel. De acordo com o site, Arc Santé fica localizada perto da estação de trem da cidade, enquanto o Hospital de Neuchâtel fica a algumas ruas ao sul, em outro endereço.  

A equipe de checagem da AFP contatou Markus Binder, assessor de imprensa do Departamento Federal do Interior - do qual o Ministério da Saúde depende -, que confirmou que “após visitar o hospital de Neuchâtel, o ministro Berset visitou ‘Arc Santé’, uma escola de ensino superior (Fachhochschule) de Enfermagem”.

“A foto foi tirada nesta escola, e os manequins são usados para o treinamento dos alunos, por exemplo, para operar um desfibrilador ou para saber como entubar”, acrescentou.

Binder detalhou que as imagens pertencem à agência de notícias suíça Keystone-SDA e foram tiradas em 16 de dezembro.

Ao pesquisar as imagens no catálogo dessa agência com as palavras “Alain Berset”, foi possível encontrar mais fotografias dessa visita tanto ao hospital como à Escola de Enfermagem.

Uma das fotos, na sala de prática com os manequins, tem a seguinte descrição: “O conselheiro federal Alain Berset, à direita, conversa com o conselheiro do estado do Cantão de Neuchâtel, Laurent Kurth, no centro, durante uma visita a uma aula prática na Haute Ecole Arc Santé em sua ida ao cantão de Neuchâtel durante a 2ª onda da pandemia de coronavírus (covid-19)”

A Suíça viveu uma primeira onda da pandemia de covid-19 moderada em comparação com seus vizinhos europeus; no entanto, desde novembro passado, o país observa uma segunda onda com casos crescentes e uma capacidade hospitalar que, em alguns cantões, tem se aproximado da saturação.

Em resumo, as imagens não mostram bonecos para simular que são pacientes com covid-19 em um hospital na Suíça. Na realidade, trata-se de uma sala de prática de uma escola de Enfermagem que fez parte de uma visita do ministro da Saúde suíço ao cantão de Neuchâtel.

Tradução e adaptação
AFP Brasil
CORONAVÍRUS