Veículos submersos na estrada B265 em Erftstadt, no oeste da Alemanha, em 17 de julho de 2021 ( AFP / Sebastien Bozon)

A foto de um carro submerso na Alemanha com um adesivo contra Greta Thunberg é uma montagem

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

A fotografia de um carro submerso com um adesivo em que se lê “Fuck you, Greta” foi compartilhada mais de 7,2 mil vezes nas redes sociais e em diversos idiomas com a alegação de que foi registrada após o temporal que atingiu a Alemanha em meados de julho deste ano. Para alguns usuários a imagem ilustra uma situação irônica, já que a jovem sueca, ativista do meio ambiente, há anos alerta a população sobre as possíveis consequências do aquecimento global. A foto viral, contudo, é uma montagem: a original foi publicada no jornal alemão Bild sem o adesivo no veículo.

“Esta foto de BMW tomada pela enchente na Alemanha diz tudo. O adesivo no vidro diz: ‘FUCK YOU GRETA!’”, indica a legenda de uma das publicações que contém a imagem, compartilhada milhares de vezes no Facebook (1, 2) e no Twitter (1, 2).

Um conteúdo semelhante também viralizou em espanhol (1, 2), francês, inglês e italiano.

Captura de tela feita em 19 de julho de 2021 de uma publicação no Twitter

Montagem fotográfica

Uma busca reversa no Google mostrou que a mesma imagem aparece em vários sites, mas sem o adesivo na janela traseira do veículo.

Captura de tela feita em 19 de julho de 2021 de uma busca no Google Imagens

O registro mais antigo da fotografia, feita pelo fotógrafo David Young, pode ser encontrado no site do jornal alemão Bild.

Em um artigo publicado no último 16 de julho, sobre como os motoristas de veículos danificados pelas inundações podem ser compensados, há uma série de imagens de automóveis submersos, incluindo a foto original da BMW.

Mas, diferentemente do que é visto nas publicações viralizadas, não há nenhum adesivo na parte esquerda do vidro traseiro do carro.

Comparação feita em 19 de julho de 2021 entre uma publicação no Twitter (E) e o artigo do jornal Bild com a mesma foto

Adesivos com uma frase semelhante podem ter sido vendidos através da plataforma Amazon no valor de três euros. O jornal Le Temps, contudo, indicou que o site de vendas desses materiais saiu do ar em julho de 2019. Mas outras plataformas continuam a oferecer adesivos com mensagens de ataque a Greta Thunberg.

A ativista sueca contra o aquecimento global já foi alvo de conteúdos de desinformação que foram verificados pelo AFP Checamos (1, 2, 3).

Mais de 165 mortos na Alemanha

As inundações devastadoras no oeste da Alemanha causaram a morte de pelo menos 165 pessoas, de acordo com o balanço mais recente, que também registra vários desaparecidos. Cientistas e políticos indicaram que o desastre era consequência das mudanças climáticas.

Em 18 de julho, a chanceler Angela Merkel visitou o povoado de Schuld, perto de Bonn, onde o transbordamento do rio Ahr destruiu parte do centro histórico.

“O idioma alemão tem dificuldade em encontrar palavras para descrever a devastação que foi causada”, afirmou a chanceler, que falou em uma situação “surreal” e prometeu ajuda do Estado.

Um bombeiro diante de escombros após as inundações em Schuld, perto de Bad Neuenahr-Ahrweiler, no oeste da Alemanha, em 17 de julho de 2021 ( AFP / Christof Stache)

A partir de 21 de julho, o governo entregará ajudas de ao menos 300 milhões de euros (mais de 1,8 bilhão de reais) e prevê um amplo programa de reconstrução de bilhões de euros.

Juliette MANSOUR
Tradução e adaptação
Clima