Estudo japonês não testou eficácia da ivermectina contra a covid-19 em humanos

Publicado em 08/02/2022 às 20:41

Publicações compartilhadas mais de 15 mil vezes nas redes sociais garantem que um estudo realizado pela empresa farmacêutica japonesa Kowa demonstrou a eficácia do antiparasitário ivermectina contra a variante ômicron do SARS-CoV-2 em um estudo de fase III. Os conteúdos, que circulam desde 31 de janeiro de 2022, citam a agência de notícias Reuters como fonte, mas a agência corrigiu o título da sua matéria a fim de esclarecer que a pesquisa mostrou o efeito antiviral apenas in vitro, e não em humanos. Especialistas e instituições explicaram à AFP que, embora ensaios clínicos para testar a eficácia da ivermectina estejam sendo realizados, sua ação para prevenir ou curar a covid-19 não foi comprovada até agora.