Não há registro de Greta Thunberg pedindo a chineses que parassem de usar “pauzinhos”

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Em abril deste ano voltou a circular nas redes sociais uma publicação compartilhada mais de 98 mil vezes desde o final de março do ano passado alegando que a ativista ambiental Greta Thunberg pediu aos chineses que não usassem mais os tradicionais pauzinhos para comer “por causa do desmatamento da terra". No entanto, a comitiva da jovem sueca  garantiu à AFP em julho de 2020 que ela nunca fez essas afirmações e, desde então, a equipe de verificação não encontrou nenhum registro de que Thunberg tenha se expressado nesses termos.

“Greta Tunberg convidou os chineses para pararem de usar seus palitos tradicionais e salvar centenas de árvores. Os chineses aconselharam Greta Thunberg a regressar à escola, onde ela aprenderá que os palitos são feitos de bambu”, diz o trecho de uma das publicações compartilhadas no Facebook (1, 2), no Instagram e no Twitter

Um conteúdo semelhante também circulou em espanhol, inglês, francês, e postagens traduzidas do holandês e do russo foram compartilhadas em português (1, 2). 

Captura de tela feita em 26 de abril de 2021 de uma publicação no Instagram

As publicações não mencionam quando foi feita a suposta declaração, nem há qualquer fonte vinculada à afirmação. A AFP também não encontrou qualquer registro de Thunberg se manifestando sobre o uso de pauzinhos para comer. Não há registro no Twitter de que ela tenha feito qualquer menção ao assunto.

Contactada pela AFP em 22 de julho de 2020, a comitiva de Greta Thunberg afirmou que a ativista ambiental "nunca fez essa declaração".

O primeiro registro dessa suposta declaração é uma publicação em inglês feita no Twitter em 15 de janeiro de 2020, na qual se lê: “Greta disse para não usar pauzinhos. Porque é um símbolo de destruição ambiental. #GretaThunberg pede ao panda que pare de morder bambu. Eu acho que você deveria calar a boca. Você desperdiçou oxigênio e gerou uma emissão de CO2 fedorenta”. A mensagem é acompanhada por um GIF da jovem ativista fazendo um discurso na Cúpula de Ação Climática da ONU em 2019, mas no qual ela não falou sobre “pauzinhos”.

Uma busca reversa da imagem no Google mostrou que a foto original que acompanha o texto da montagem foi feita pela agência EFE em 4 de março de 2020, quando a Comissão Europeia apresentou seu plano para transformar a União Europeia (UE) no primeiro bloco climaticamente neutro até 2050, na presença da ativista ambiental, que criticou as medidas. Thunberg chamou as políticas propostas pela comissão de "rendição". Em seu discurso, ela também não mencionou o uso de "pauzinhos" ou “palitos”.

A ativista ambiental já foi alvo de outras desinformações verificadas pelo AFP Checamos (12, 3, 4).

Tradução e adaptação