Esta foto não é da primeira pilota militar da Ucrânia e não há registro de sua morte em 2022

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Publicações que apresentam uma mulher com uniforme militar como Natasha Perakov, que seria a primeira pilota de caça da Ucrânia, e anunciam que ela teria morrido em combate após a invasão russa em 2022, foram compartilhadas mais de 700 vezes nas redes sociais pelo menos desde o último 27 de fevereiro. Mas, segundo o Ministério da Defesa da Ucrânia, quem aparece na imagem é Olesya Vorobey, uma soldada que ganhou um concurso de beleza organizado pelo exército em 2016. Além disso, a primeira pilota de combate desse país é Nadia Savchenko, que depois se dedicou à política, e não há registro de que ela tenha morrido.

“Natasha Perakov Faleceu a defender o seu País, que sua alma esteja em Paz!”, diz uma das publicações compartilhadas no Facebook (1, 2) e no Twitter (1, 2).

Captura de tela feita em 10 de março de 2022 de uma publicação no Facebook

Conteúdo semelhante também circula em francês, inglês e espanhol.

Origem da imagem

Uma busca reversa pela foto viralizada no Google mostrou que ela foi compartilhada em um artigo publicado em 12 de outubro de 2016 no site do Ministério da Defesa da Ucrânia.

No título do texto, a mulher é identificada como Olesya Vorobey (Олеся Воробей, em ucraniano), soldada que venceu um concurso de beleza organizado pelo exército ucraniano na cidade de Starobilsk, em Lugansk, uma das duas regiões consideradas como separatistas pró-russos e cuja independência foi reconhecida pelo presidente russo, Vladimir Putin, em 21 de fevereiro de 2022.

No corpo do artigo é informado que Vorobey era membro da operação antiterrorista e militar do Comando Operacional Ocidental, não pilota de guerra, como apontam as postagens compartilhadas nas redes sociais.

Captura de tela feita em 4 de março de 2022 do site do Ministério da Defesa da Ucrânia

Após uma pesquisa no Google pelo nome da militar em ucraniano, foi encontrado um artigo publicado em 2018, no qual é anunciado que a soldada pediu apoio para um outro concurso de beleza.

No texto, Vorobey se apresenta como “operadora do departamento de processamento da área de comunicação de campo”, sem fazer qualquer referência de que fosse pilota.

Na publicação também há um link da conta de Vorobey no Facebook. Procurada pela AFP, a militar não respondeu sobre a publicação viralizada, mas em seu perfil é possível notar que ela se mantém ativa na rede social: sua última publicação foi em 3 de março de 2022, dias após as primeiras publicações ilustradas com sua foto, apresentada como piloto de guerra.

Buscas avançadas no Twitter e no Facebook mostraram que os registros mais antigos do nome "Natasha Perakov" (Наташа Перакова, em ucraniano) datam de 25 de fevereiro de 2022, um dia depois do início da invasão russa à Ucrânia.

A primeira pilota de guerra

Apesar do que as publicações viralizadas afirmam, a primeira pilota do exército ucraniano não se chama "Natasha Perakov", mas Nadia Savchenko (Надія Савченко, em ucraniano).

Savchenko ficou famosa quando foi presa na Rússia em 2014, acusada de cumplicidade no assassinato de dois jornalistas russos no leste da Ucrânia. Depois de passar dois anos em prisões russas, ela foi libertada em 25 de maio de 2016, após um perdão concedido por Putin. Depois disso, ela recebeu em seu país o título de "Herói da Ucrânia".

Depois de se tornar deputada e fundar um partido de oposição ao então presidente ucraniano Petro Poroshenko (2014-2019), Savchenko foi presa novamente em 2018, dessa vez pelo governo ucraniano, que a acusou de preparar um ataque terrorista. Ela foi libertada em abril de 2019.

Nadia Savchenko durante uma audiência no Tribunal Distrital de Kiev em 23 de março de 2018 ( (AFP / Genya Savilov))

A AFP não encontrou nenhuma fonte confiável que tenha anunciado a morte de Savchenko. Além disso, nas contas da pilota no Facebook e no TikTok, até 11 de março de 2022, vêm sendo publicados vídeos nos quais ela aparece.

@savchenkonadiya#дякую мережі будівельних магазинів, її працівникам, Олександру та Галині Герегам за патріотичну позицію щодо захисту України, допомогу ЗСУ, Теробороні, Нацгвардії та Нацполіції. З повагою до Вашої праці #надіясавченко♬ оригінальний звук - Надія Савченко

O Checamos já verificou outras alegações falsas ou enganosas vinculadas à guerra na Ucrânia.

Conflito ucraniano-russo