Saques de aves e porcos não foram gravados na Argentina, mas durante protestos na Colômbia

Publicado em 19/05/2021 às 20:35

Dois vídeos em que grupos de pessoas roubam aves e porcos de propriedades privadas foram visualizados dezenas de milhares de vezes em publicações que asseguram mostrar uma consequência do retorno da esquerda ao poder na Argentina. “Avicultores, suinocultores são atacados pela população faminta”, dizem as postagens compartilhadas ao menos desde o último dia 14 de maio. Mas as imagens não foram gravadas na Argentina e sim no município colombiano de Puerto Tejada, durante a onda de protestos antigoverno vivida no país desde abril de 2021.