Imagem de uma criança síria refugiada em 2014 circula atribuída à crise na Ucrânia em 2022

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

A foto de um menino com a afirmação de que ele é um ucraniano “em plena guerra” foi compartilhada mais de 10 mil vezes nas redes sociais desde 24 de fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu a Ucrânia. Contudo, a imagem mostra uma criança síria refugiada no Iraque em 2014, confirmou a fotógrafa.

“Essa imagem de uma criança ucraniana em meio à guerra partiu meu coração”, dizem publicações compartilhadas no Facebook (1, 2, 3), no Instagram (1, 2, 3) e no Twitter (1, 2).

Captura de tela feita em 24 de fevereiro de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

O conteúdo também circula em espanhol (1, 2, 3).

A fotografia foi compartilhada após o início da ofensiva russa na Ucrânia, em 24 de fevereiro, após o reconhecimento da independência dos territórios separatistas pró-Rússia de Donetsk e Lugansk.

Uma busca reversa pela imagem no Google levou à capa do blog australiano do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). No entanto, a foto não continha informações sobre o autor, onde ou quando foi tirada.

Na ferramenta TinEye, foram encontradas referências à fotografia em sites do Unicef, mas os links não funcionam mais. Uma pesquisa com palavras que apareceram no nome dos arquivos, como “Hakim” e “Síria”, levou a um artigo em espanhol, publicado em 16 de janeiro de 2015.

O texto conta que a família de “Hakim”, então com três anos, fugiu com ele da Síria devido ao conflito que começou em 2011, e chegou a um campo de refugiados em Domiz, no Iraque. A foto é creditada ao Unicef e a “Schermbrucker”.

Uma pesquisa por esse sobrenome e a organização, mostrou como resultado o nome de Karin Schermbrucker, uma fotógrafa sul-africana que colaborou com o Unicef.

A foto também foi publicada pelo jornal El País em 12 de março de 2021 em espanhol e no dia 15 do mesmo mês em português, com créditos para o Unicef e Schermbrucker, na ocasião do décimo aniversário do conflito sírio. A legenda da foto indica:

Uma imagem similar da mesma cena foi publicada em 2016 pelo jornal O Globo, parte de uma coleção de fotos intitulada “Os filhos da guerra síria”.

Schermbrucker confirmou à AFP que é a autora da imagem, encomendada pelo Unicef do Reino Unido em 2014 no campo de refugiados de Domiz, no norte do Iraque. “A família foi deslocada durante o conflito sírio”, acrescentou.

A AFP verificou outras peças de desinformações relacionadas ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia (1, 2).

Conflito ucraniano-russo