Os decretos assinados por Biden em seu primeiro dia como presidente não estavam em branco

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Um vídeo de Joe Biden assinando folhas supostamente em branco em seu primeiro dia como presidente dos Estados Unidos foi compartilhado centenas de vezes em redes sociais desde o último dia 20 de janeiro. Mas isso é falso. Embora os documentos sejam pouco visíveis na gravação, um vídeo semelhante e com maior contraste mostra que as páginas não estavam vazias.

“O cara é uma piada. Totalmente demente. Video de Biden apondo sua assinatura em folha de papel em branco está dando a volta ao mundo…”, diz uma publicação no Facebook, ilustrada por um vídeo do presidente dos Estados Unidos no Salão Oval assinando uma série de documentos.

Outras postagens (1, 2, 3) nessa rede social indicam, da mesma maneira, que as folhas estavam em branco.

A sequência também circulou no Twitter e em publicações em inglês, espanhol, alemão e holandês

Captura de tela feita em 28 de janeiro de 2021 de uma publicação no Facebook

Após tomar posse, no último dia 20 de janeiro, Biden assinou uma série de decretos na Casa Branca, incluindo ordens para manter os Estados Unidos na Organização Mundial da Saúde (OMS), por fim ao veto à entrada de cidadãos de países de maioria muçulmana, reforçar as proteções ambientais e fortalecer as medidas de combate à covid-19.

No vídeo viralizado, as folhas parecem estar completamente em branco porque as imagens estão em baixa qualidade e superexpostas, ou seja, com excesso de luz.

Um vídeo feito pela AFP mostra o mesmo momento, mas com uma qualidade superior. Nesse caso, é possível ver nitidamente o texto presente nas páginas ao aumentar o contraste das imagens com um programa de edição: 

Comparação de capturas de tela: vídeo original feito pela AFP (esquerda) e versão editada com maior contraste

Um fotógrafo da AFP também cobriu o evento. De maneira semelhante, é possível ver o texto na foto feita por Jim Watson ao aumentar o contraste da imagem:  

Joe Biden assina decretos em Washington após tomar posse como presidente em 20 de janeiro de 2020 (esquerda) e versão editada (Jim Watson/ AFP)

A Casa Branca publicou as ordens presidenciais assinadas por Biden em seu site. Os documentos podem ser encontrados ao buscar pelas palavras-chave “executive order” (ordem executiva, em português).

Tradução e adaptação
Política dos EUA