O cartaz que pede um reforço na Nova Zelândia por "liberdades" é uma montagem

Publicado em 14/12/2021 às 18:30

Um cartaz em um outdoor com a imagem da primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, convocando para o "um reforço de Natal", em referência às vacinas contra a covid-19, foi compartilhado mais de 90 vezes por usuários nas redes sociais desde 7 de dezembro de 2021. A mensagem do outdoor, na qual é vista a logomarca do partido de Ardern, afirma em inglês que cada dose de reforço proporciona “até seis meses de liberdade". Mas a imagem foi manipulada a partir de um anúncio eleitoral para as eleições gerais do país em outubro de 2020.