A foto em Berlim não é de “4 milhões” contra medidas por covid-19, mas de uma festa em 2003

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Uma imagem aérea de uma multidão foi compartilhada centenas de vezes em redes sociais desde o último dia 29 de agosto como se mostrasse a grande escala da manifestação realizada em Berlim no mesmo dia contra as medidas adotadas para reduzir a propagação do novo coronavírus. A foto data, contudo, de 2003 e mostra uma festa de música eletrônica na capital alemã.

“Berlim não está mais brincando, 4 milhões de pessoas protestando hoje dia 29/Agosto #acordaBrasil”, diz uma das postagens, compartilhadas mais de 300 vezes no Facebook (1, 2) e Instagram.

A imagem da multidão, que circula com alegação semelhante em espanhol, é sobreposta com os dizeres, em alemão: “4 milhões de pessoas em Berlim!!!”.

Captura de tela feita em 31 de agosto de 2020 de uma publicação no Facebook

Em 29 de agosto, manifestantes contrários ao uso de máscaras e a outras medidas restritivas impostas devido ao novo coronavírus foram às ruas em diversas cidades da Europa, entre elas Berlim, Londres e Paris.

A foto compartilhada nas redes não foi tirada, contudo, durante este evento.

Festa de música eletrônica

Uma busca reversa pela foto leva a um artigo publicado no site da exposição Nineties Berlin, em 21 de março de 2019, sobre uma mostra especial que seria realizada naquele ano para celebrar os 30 anos da Love Parade, uma festa de música eletrônica organizada na capital alemã.

O texto convidava os leitores a enviarem fotos ou vídeos antigos do festival para compor a mostra e compartilhava três imagens de arquivo da Love Parade, entre elas a foto que circula atualmente nas redes.

Segundo o site, o registro foi feito pelo fundador do evento, Matthias Roeingh, conhecido como Dr. Motte, em 2003. A foto foi publicada com a mesma atribuição no blog pessoal de Motte.

Comparação feita em 31 de agosto entre imagem publicada no site da mostra Nineties Berlin (esquerda) e foto compartilhada no Facebook

Uma segunda foto do festival daquele ano, também atribuída a Motte, mostra a mesma multidão de outro ângulo.

Segundo a polícia, 500 mil pessoas participaram do festival, que se estendeu do Portão de Brandemburgo à praça Ernst Reuter, em 2003.

Uma imagem aérea da Love Parade daquele ano, disponível no banco de fotos Getty Images, mostra que o evento efetivamente reuniu uma grande multidão nesta região da capital alemã.

Captura de tela feita em 4 de agosto de 2020 do banco de fotos Getty Images

O protesto do último sábado contou, por sua vez, com a participação de aproximadamente 38 mil pessoas segundo dados da polícia, e não de 4 milhões, como alegado nas redes sociais.

O ato terminou com 300 detenções, após manifestantes tentarem forçar as barreiras e o cordão de isolamento policial para subir as escadas do Parlamento nacional alemão.

Esta mesma imagem já havia sido compartilhada no início de agosto como se mostrasse uma outra manifestação realizada em Berlim contra as medidas restritivas adotadas durante a pandemia do coronavírus.

Em resumo, é falso que a imagem viralizada mostre o protesto realizado em Berlim no último dia 29 de agosto contra as restrições impostas para combater a covid-19. A foto retrata um festival de música eletrônica celebrado em 2003.

AFP Brasil
CORONAVÍRUS