Vídeo de caminhões em estrada é de 2019, não de um protesto contra medidas anticovid no Canadá

Copyright © AFP 2017-2023. Todos os direitos reservados.

Uma sequência que mostra uma estrada tomada por veículos à noite foi compartilhada mais de 880 vezes nas redes sociais ao menos desde 28 de janeiro de 2022 com a alegação de que eram “caminhoneiros contra o passaporte da picada” em um protesto no Canadá. Embora o país tenha registrado atos contra as medidas sanitárias devido à covid-19, esse vídeo foi filmado na Alemanha, em 2019, em meio a manifestações devido a regras ambientais mais restritas.

“O Canadá, é um grande exemplo da União de vacinados e não vacinados pela liberdade. Milhares de vacinados excluíram seus aplicativos de passaporte sanitário, outros rasgaram, e foram todos juntos lutar pela liberdade” e “Canadá caminhoneiros contra o passaporte da picada”, indicam as legendas de algumas publicações que circulam amplamente no Twitter (1, 2) com a gravação.

O vídeo, com pouco mais de 30 segundos de duração, também foi compartilhado no Facebook (1, 2, 3) e em outros idiomas, como alemão.

Captura de tela feita em 31 de janeiro de 2022 de uma publicação no Twitter ( . / )

Em 29 de janeiro de 2022, centenas de caminhoneiros no Canadá dirigiram seus veículos como parte do chamado “Comboio da Liberdade” para protestar contra as vacinas contra a covid-19 exigidas para cruzar a fronteira com os Estados Unidos.

Com bandeiras canadenses, cartazes com a palavra “Liberdade” e entoando lemas contra o primeiro-ministro, Justin Trudeau, os caminhoneiros se uniram a outros milhares de manifestantes contra as medidas anticovid e descontentes com o governo.

No dia seguinte, 30 de janeiro, os caminhoneiros organizaram um “bloqueio completo” da autoestrada 4 ao sul de Alberta, perto da fronteira e crucial para o transporte de produtos entre os dois países.

O vídeo viralizado, no entanto, não mostra um protesto no Canadá e foi filmado em 2019, antes do início da pandemia de coronavírus.

Alemanha em 2019

Uma busca reversa no Google por capturas de tela do vídeo levou à mesma sequência publicada no YouTube em 26 de novembro de 2019 no canal da estação de rádio alemã Antenne Thuringen e intitulada: “Protesto dos agricultores em Berlim”.

Captura de tela feita em 31 de janeiro de 2022 do vídeo publicado no YouTube em novembro de 2019 ( . / )

O registro foi compartilhado no mesmo dia por um usuário do Twitter.

Uma segunda pesquisa, dessa vez por palavras-chave, levou a um vídeo mais longo do mesmo protesto, publicado pela Agrartechnik MV, um canal alemão que divulga conteúdos sobre tecnologia agrícola.

A sequência viralizada coincide com o início da gravação de 13 minutos de duração.

A legenda, em alemão, diz: “Manifestação indo para Berlim !!! com mais de 15.000 tratores e mais de 40.000 participantes. Em 26 de novembro de 2019, um dos maiores protestos de agricultores contra a política agrícola ocorreu em Berlim, entre outras coisas, contra as regras mais rígidas de proteção ambiental. Por essa razão, agricultores de toda a Alemanha vieram a Berlim com seus tratores”.

Na data, meios de comunicação alemães (1, 2) cobriram o protesto.

COVID-19 VACINAS