A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, e o presidente polonês, Andrzej Duda, em uma coletiva de imprensa em Varsóvia, em 10 de março de 2022 ( AFP / POOL / Saul Loeb)

Kamala Harris não riu da situação de refugiados ucranianos em conferência com presidente polonês

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Usuários afirmam nas redes sociais que a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, gargalhou ao ser perguntada, em uma entrevista coletiva, sobre a atuação de seu país na chegada de refugiados ucranianos. As publicações acompanham um vídeo, com mais de 61 mil visualizações desde, pelo menos, 10 de março de 2022. Mas na transmissão da coletiva, da qual também participou o presidente da Polônia, Andrzej Duda, é possível observar que ambos riem após ficarem em dúvida sobre quem dos dois responderia primeiro.

“Esta é a vice-presidente dos EUA, a esquerdista Kamala Harris, gargalhando ao seu perguntada se os EUA ajudarão e receberão os refugiados da Ucrânia”, dizem publicações no Facebook e no Twitter.

Conteúdo semelhante circulou em inglês e em espanhol.

Captura de tela feita em 24 de março de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

A coletiva da qual participou a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, aconteceu em 10 de março de 2022, no Palácio Belwelder, em Varsóvia, e contou com a presença do presidente polonês, Andrzej Duda, para abordar a guerra entre Rússia e Ucrânia.

O trecho viralizado da gravação foi retirado do canal da CBS News, como se pode constatar na parte de baixo das imagens:

A partir do minuto 33:50 da transmissão, a jornalista da NPR, Asma Khalid, perguntou a Harris o que os Estados Unidos poderiam fazer para melhorar o sistema de acolhimento de refugiados na Polônia e se o país pretende acolher refugiados ucranianos. Em seguida, ela questiona o presidente da Polônia se ele pediu que os EUA acolham mais refugiados.

Em outro vídeo, que mostra ambos os entrevistados no mesmo momento, a partir do minuto 38:05, é possível ver que após os questionamentos, Harris e Duda ficam em dúvida sobre quem responderia primeiro. Rindo, a vice-presidente dos Estados Unidos diz, em tradução livre do inglês: “Um amigo na necessidade é um amigo de verdade” e o presidente polonês, por sua vez, responde, “tudo bem. Eu vou primeiro”.

As falas também podem ser consultadas na transcrição oficial disponível no site da Casa Branca.

Tradução simultânea

Como Duda responde à pergunta em polonês, o que se escuta no momento de sua fala em algumas das transmissões é uma voz feminina, da tradutora. Em inglês, ela reproduz o que dizia o presidente: “Senhora, a situação é muito complexa”.

“Isso é o que eu estava dizendo hoje e discuti isso longamente com a senhora vice-presidente Kamala Harris. Eu disse, de forma muito contundente, que hoje estamos vendo uma crise de refugiados. (...) Pedi para acelerar e (...) simplificar os procedimentos consulares para aquelas pessoas que gostariam de partir para os Estados Unidos”, completa.

Em uma publicação no Twitter, o assessor sênior de comunicação de Harris, Herbie Ziskend, confirmou a versão de que ambos teriam gargalhado por não saberem quem falaria primeiro, em meio às traduções simultâneas.

Ele também assegurou que a risada não teve relação com os refugiados e reforçou a resposta da vice-presidente dos EUA ao questionamento da jornalista.

Na ocasião, Harris indicou: “Como o presidente disse, discutimos essa questão. E comecei agradecendo ao presidente da Polônia e ao povo da Polônia pelo que fizeram. (...) Portanto, os Estados Unidos estão absolutamente preparados para fazer o que nós pudermos e o que nós devemos para apoiar a Polônia em termos da carga que eles assumiram”.

A vice-presidente ainda destacou o “Status de Proteção Temporária” (TPS), concedido a ucranianos que estão nos Estados Unidos desde 1º de março de 2022. O TPS impede que os ucranianos sejam deportados e lhes autoriza a trabalhar no país.

Conflito na Ucrânia