Foto de pessoas orando em 2015 na Ucrânia circula vinculada à invasão russa em 2022

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Desde 24 de fevereiro de 2022, uma imagem de pessoas ajoelhadas em uma praça pública foi compartilhada mais de mil vezes, com a alegação de que seria a população ucraniana “clamando por socorro” em meio ao conflito com a Rússia. Mas isso é falso. O registro de 2015 retrata uma oração coletiva em prol da paz na cidade ucraniana de Kharkiv.

“População Ucraniana começa a buscar a presença de Deus nas praças públicas, clamando por socorro”, diz uma das publicações com a imagem, compartilhada no Facebook (1, 2, 3), no Instagram (1, 2, 3) e no Twitter (1, 2).

Captura de tela feita em 28 de fevereiro de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

Em 24 de fevereiro de 2022, a Rússia iniciou uma invasão ao território ucraniano. Várias localidades foram atacadas por forças russas, entre elas, Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, a cerca de 40 quilômetros da fronteira russa. Em 28 de fevereiro, as delegações da Rússia e da Ucrânia concluíram as primeiras de negociações, na Bielorrúsia, sem que os ataques fossem interrompidos.

No entanto, a imagem difundida nas redes sociais não registra a crise de 2022.

Uma busca pela fotografia exibida nas publicações virais, feita com o motor de busca Yandex, mostrou que o registro foi publicado em 2015 pelo site Baptist Press, ligado à organização religiosa Convenção Batista do Sul (Southern Baptist Convention), nos Estados Unidos. Segundo o texto no site, a foto marca 365 dias de uma oração coletiva realizada na “praça central” de Kharkiv.

“Eles vieram de diferentes partes da cidade e eram uma mistura de denominações evangélicas e ortodoxos, mas se concentraram em um objetivo: rezar pela paz em sua cidade, que fica muito próxima da região onde soldados ucranianos e separatistas pró-russos batalham pelo controle do leste da Ucrânia”, diz o artigo.

Captura de tela feita em 28 de fevereiro de 2022 de um artigo publicado no site Baptist Press ( . / )

Uma busca pelos termos “baptist press photos”, em inglês, levou a um banco de imagens onde foi possível localizar o registro viralizado usando a palavra-chave “Ukraine” (“Ucrânia”, em inglês). A foto é creditada a Marc Ira Hooks, que também aparece como autor do texto de 2015.

A “praça central" de Kharkiv é conhecida também como Praça da Liberdade, ou Svobody Square. Usando o Google Maps foi possível identificar que o registro foi feito em frente ao prédio da Administração Estatal Regional de Kharkiv, em uma das extremidades da praça.

Comparação feita em 28 de fevereiro de 2022 entre capturas de tela da foto compartilhada em redes sociais (E) e a imagem da Praça da Liberdade, em Kharkiv ( . / )

Desde 2014, ano em que a Rússia anexou a península da Crimeia, o exército ucraniano tem lutado contra forças separatistas pró-Moscou nas regiões orientais de Donetsk e Lugansk, perto de Kharkiv, em um conflito que deixou mais de 14 mil mortos.

O Checamos já verificou outra alegação similar sobre pessoas que teriam se reunido para orar na Ucrânia em fevereiro de 2022 (1), além de outras afirmações sobre o conflito russo-ucraniano.

Conflito ucraniano-russo