A foto do presidente ucraniano fardado foi tirada em 2021 e não em meio à invasão russa de 2022

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Uma fotografia do presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, equipado com um colete de proteção e segurando um capacete na mão foi compartilhada mais de 2 mil vezes nas redes sociais com a alegação de que ele estaria lutando em meio à ofensiva lançada pela Rússia em 24 de fevereiro de 2022. Embora a imagem realmente seja de Zelensky, ela retrata uma visita do mandatário à linha de frente dos militares em Donbas em abril de 2021.

“O Presidente Zelensky da Ucrânia, vestindo Farda Militar para lutar junto a seu Exército na Guerra , isso sim se chama Amor a Pátria, isso sim é um Presidente de Respeito…” e “O Presidente da Ucrânia vestiu uma roupa militar para lutar pelo seu país, isso se chama amor pátrio.!”, dizem as legendas de publicações compartilhadas no Facebook (1, 2, 3), Instagram e Twitter (1, 2, 3) desde o último dia 24 de fevereiro.

Captura de tela feita em 25 de fevereiro de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

Em 21 de fevereiro de 2022, o presidente russo, Vladimir Putin, reconheceu a independência das repúblicas separatistas pró-Rússia de Donetsk e Lugansk, localizadas na área de mineração russófona de Donbas, na parte leste da Ucrânia.

Três dias depois, a Rússia iniciou a sua invasão à Ucrânia com bombardeios em todo o país, incluindo na capital, e incursões terrestres em diversos pontos do território.

A comunidade internacional condenou esses ataques, assim como Kiev, que rompeu relações com Moscou. Zelensky, por sua vez, pediu aos europeus com “experiência em combate” que lutem pela Ucrânia ante a ameaça das tropas russas.

Visita a Donbas em 2021

Uma busca reversa reversa pela fotografia viralizada usando a ferramenta Yandex levou a um artigo publicado no site da Presidência ucraniana em 8 de abril de 2021 intitulado: “Presidente está em viagem de trabalho para Donbas”.

No texto, escrito em ucraniano, indica-se que o mandatário visitaria as posições de linha de frente da região, “onde o regime de cessar-fogo abrangente e permanente foi sistematicamente violado recentemente e onde defensores ucranianos foram mortos e feridos como resultado de bombardeios inimigos”.

Captura de tela feita em 25 de fevereiro de 2022 no site da Presidência da Ucrânia ( . / )

A região de Donbas tem sido o centro de um conflito que começou em 2014 e onde há uma grande quantidade de separatistas pró-Rússia.

Conflito ucraniano-russo