É enganosa a alegação de que o Google Maps removeu o nome Palestina da plataforma

Publicado em 24/07/2020 às 16:29

Publicações compartilhadas milhares de vezes no Facebook, Instagram e Twitter em julho deste ano alegam que a Palestina foi removida do Google Maps. Mas, isso é enganoso: no último dia 20 de julho, um representante do Google disse à AFP que a palavra Palestina nunca foi utilizada em seus mapas; uma especialista em cartografia também indicou que o nome “Palestina” não costuma ser utilizado em mapas da mídia ocidental tradicional ou em ferramentas cartográficas ocidentais, sendo substituído, geralmente, pelos termos “Cisjordânia” ou “Gaza”.