Esta tabela do Banco Mundial não prova que os testes para covid-19 são vendidos desde 2018

Publicado em 15/09/2020 às 19:56

Publicações viralizadas em redes sociais asseguram que, desde 2018, diversos países adquiriram testes para detectar a covid-19 se baseando em uma tabela de exportações publicada em uma plataforma do Banco Mundial. No entanto, as imagens, compartilhadas milhares de vezes desde o início de setembro, mostram as exportações de dispositivos médicos que foram classificados, apenas em abril de 2020, como “produtos covid-19” devido à sua relevância para lidar com a pandemia.