VACINAS

Vídeo de um “pai desesperado” é de 2019 e não tem relação com a vacinação de crianças na Paraíba

Publicado em 23/01/2022 às 18:26

Um vídeo que supostamente mostra um “pai desesperado ao ver seu filho morto” em decorrência da vacina na Paraíba foi compartilhado milhares de vezes nas redes sociais, desde ao menos 21 de janeiro de 2022. As publicações circulam em meio à inclusão de crianças com faixa etária entre 5 e 11 anos na campanha de vacinação contra a covid-19 no Brasil. Contudo, a gravação é anterior à pandemia, e mostra a revolta de um homem ao receber a notícia de que sua esposa e a filha que esperavam haviam falecido em uma maternidade de Manaus, no Amazonas, em fevereiro de 2019.