Frasco da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19, utilizada em uma clínica em Arleta, Los Angeles, em 23 de agosto de 2021 ( AFP / Robyn Beck)

Desde junho de 2021, a bula da vacina contra covid da Pfizer indica sua aplicação a partir de 12 anos

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Publicações afirmando que a bula do imunizante da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 contém a indicação de aplicação apenas para maiores de 16 anos foram compartilhadas dezenas de vezes nas redes sociais desde 23 de setembro de 2021. Embora essa tenha sido a orientação quando a vacina foi definitivamente aprovada no Brasil, em fevereiro de 2021, a bula do imunizante foi atualizada em junho deste ano, quando a Anvisa permitiu seu uso a partir de 12 anos.

“Acabei de pesquisar a bula da Pfizer onde não se recomenda a vacinação para menores de 16 anos, tá aí pra qualquer um pesquisar”, diz o trecho de uma das publicações compartilhadas no Facebook (1, 2, 3), acompanhada da captura de tela do que seria a bula do imunizante, e no Twitter (1, 2, 3).

Há, ainda, versões em vídeo (1, 2) da alegação, onde a jornalista Cristina Graeml, no programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan, comenta sobre a suposta não indicação da vacina da Pfizer para menores de 16 anos.

A transmissão foi feita em 23 de setembro de 2021, mas não está mais disponível na conta do YouTube do programa. Contudo, a partir de uma busca no Facebook, foi possível encontrar uma live feita por um usuário da plataforma com o mesmo trecho que viralizou nas redes.

O Checamos já verificou outras alegações também vinculadas a esse vídeo.

Captura de tela feita em 22 de outubro de 2021 de uma publicação no Twitter ( . / )

Com o registro definitivo concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 23 de fevereiro de 2021 para uso na população brasileira, a vacina da Pfizer contra a covid-19, naquele momento, realmente era indicada apenas para pessoas a partir de 16 anos.

Mas em 11 de junho, a agência aprovou o imunizante a partir de 12 anos: “A Anvisa autorizou a indicação da vacina Comirnaty, da Pfizer, para crianças com 12 anos de idade ou mais. Com isso, a bula da vacina passará a indicar esta nova faixa etária para o Brasil”.

Atualmente, consta na bula que “não se recomenda a sua utilização [da vacina] em crianças com idade inferior a 12 anos”.

Em 31 de março de 2021, a Pfizer publicou em seu site os resultados dos testes de fase 3 realizados com 2.260 adolescentes entre 12 e 15 anos nos Estados Unidos. Foram observados “18 casos de covid-19 no grupo placebo contra nenhum no grupo vacinado”.

No último dia 22 de outubro, a empresa informou que seu imunizante contra a covid-19 tem uma eficácia maior que 90% na prevenção das formas sintomáticas da doença em crianças entre 5 e 11 anos.

A avaliação da ampliação do uso da vacina para essa faixa etária foi também anunciada pela Agência de Medicamentos e Alimentos (FDA) dos Estados Unidos, que convocou para 26 de outubro de 2021 uma reunião com um painel consultivo de especialistas independentes para tratar do tema.

Um conteúdo semelhante foi verificado pelas equipes do Fato ou Fake, da Agência Lupa e do Boatos.org.

COVID-19 VACINAS