Bounou, do Marrocos, não disse aos jornalistas na Copa do Mundo que deveriam ter intérprete árabe

Copyright © AFP 2017-2023. Todos os direitos reservados.

O goleiro da seleção do Marrocos, Yassine Bounou, respondeu perguntas dos jornalistas em inglês, espanhol, francês e árabe durante a Copa do Mundo do Catar em 2022. No entanto, uma fotografia sua de 10 de dezembro de 2022, tirada durante uma entrevista, foi compartilhada mais de 2 mil vezes com a afirmação de que o jogador decidiu falar apenas em árabe e culpou os profissionais de imprensa por não levar intérpretes. Bounou disse algo similar em janeiro de 2022, durante a Copa Africana de Nações, sediada por Camarões, e não pelo Catar.

“O goleiro Bono irritou os jornalistas após responder as perguntas em árabe, mesmo sendo fluente em inglês, francês e espanhol. Bono disse que não era problema dele que os jornalistas não falavam árabe e que deveriam levar um intérprete", diz uma das publicações compartilhadas no Facebook, no Instagram e no Twitter.

Captura de tela feita em 21 de dezembro de uma publicação no Facebook ( .)

As publicações circulam desde 10 de dezembro, após o Marrocos ter vencido Portugal por 1 a 0 nas quartas de final do Mundial, tornando-se o primeiro país africano e árabe a chegar às semifinais de uma Copa do Mundo de futebol.

Uma busca reversa no Google pela foto difundida nas publicações virais permitiu encontrar um vídeo no YouTube com a coletiva de imprensa concedida por Bounou nesse dia, depois da partida contra a seleção portuguesa. O goleiro compareceu diante dos jornalistas ao lado de seu treinador, Walid Regragui.

A imagem viral de Bounou coincide com a gravação dessa entrevista.

Entretanto, Bounou não deu as declarações que lhe estão sendo atribuídas, nem abordou o tema do idioma árabe ou da tradução. Assim constataram os jornalistas da AFP presentes na coletiva.

Bounou respondeu em vários idiomas

Durante o Mundial do Catar, Bounou respondeu perguntas de jornalistas em espanhol, francês e inglês, além do árabe, sem nenhuma objeção.

O goleiro marroquino nasceu em Montreal, Canadá, para onde seus pais emigraram do Marrocos, e passou por várias equipes da liga espanhola durante sua carreira. Atualmente, ele atua no Sevilla.

Declarações similares

Uma busca no Google com os termos “Yassine Bounou”, “jornalistas” e “árabe” permitiu encontrar vídeos (1, 2) de 13 de janeiro de 2022, de uma coletiva de imprensa que o goleiro marroquino concedeu durante a Copa Africana de Nações sediada por Camarões esse ano.

Nessa coletiva, ouve-se que um dos participantes - que parece ser jornalista - reclama das respostas de Bounou em árabe, e ele responde que a tradução não é de sua responsabilidade.

O AFP Checamos já verificou outros conteúdos falsos ou enganosos vinculados à Copa do Mundo do Catar 2022 (1, 2, 3).

Copa do Mundo 2022