Vídeo de Netanyahu em Brasília em 2019 circula como demonstração de apoio a Bolsonaro em 2022

Copyright © AFP 2017-2023. Todos os direitos reservados.

Ao contrário do que sugerem usuários, um vídeo que mostra o primeiro-ministro designado de Israel, Benjamin Netanyahu, chegando em Brasília não foi gravado em dezembro de 2022. A filmagem foi compartilhada fora de contexto mais de 14 mil vezes desde pelo menos 3 de dezembro em publicações que afirmam que o israelense teria vindo ao Brasil oferecer apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Mas as imagens são de janeiro de 2019, quando Netanyahu esteve no Brasil para a posse do atual mandatário brasileiro.

“Presidente de Israel veio se reunir com Bolsonaro pra deixar bem claro que pode contar com as forças armadas do País. O comunismo não vai ter sucesso no Brasil”, diz uma das publicações no Twitter. Conteúdo semelhante circula no Facebook, TikTok e Kwai.

Captura de tela feita em 5 de dezembro de 2022 de uma publicação no Twitter ( .)

A gravação mostra Benjamin Netanyahu descendo de um veículo em Brasília e acenando para uma multidão que grita “Israel” repetidas vezes.

A filmagem circula após Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ter vencido a eleição presidencial em 2022, na qual o atual presidente Jair Bolsonaro tentou se reeleger. Desde o resultado, apoiadores do mandatário protestam e contestam a vitória de Lula.

Já Netanyahu, que foi primeiro-ministro de Israel de 1996 a 1999 e de 2009 a 2021, retornará ao cargo após ter vencido as eleições legislativas de 1º de novembro de 2022.

Uma busca reversa pelas imagens do vídeo, porém, levou a uma gravação semelhante publicada pelo canal de notícias israelense N12 em sua página no Facebook em 2 de janeiro de 2019, intitulada: “As calorosas boas-vindas a Netanyahu no Brasil”, em tradução livre do hebraico. Na sequência, também é possível escutar os gritos de “Israel”.

Nessa mesma data, Netanyahu publicou uma foto em seu perfil oficial nas redes sociais com a legenda: “Obrigado, Brasil! Quanto amor por Israel”.

Uma busca por palavras-chave no Twitter localizou uma versão mais longa do mesmo vídeo viral, publicada também em 2 de janeiro de 2019:

À época, a vinda do então primeiro-ministro de Israel ao Brasil para a posse de Bolsonaro, em 1º de janeiro de 2019, foi noticiada por veículos de imprensa e pelo site da embaixada de Israel no Brasil (1, 2).

Uma pesquisa no Google por “Netanyahu” e “Brasil” no Google não trouxe resultados atuais. Além disso, uma consulta à agenda do presidente da República também não mostra qualquer compromisso oficial com o premiê israelense designado.

Eleições 2022