Bolsonaro se referiu à avó de Michelle quando falou sobre condenação por tráfico de drogas

Copyright © AFP 2017-2023. Todos os direitos reservados.

O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) não disse em um vídeo viralizado que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi condenada por tráfico de drogas no passado. O conteúdo, compartilhado mais de 50 mil vezes desde pelo menos 5 de outubro de 2022, omite trechos da fala do mandatário, nos quais ele cita a palavra “avó”, para dar a entender que ele se referia a Michelle. Na ocasião da entrevista original, em 2019, Bolsonaro comentava uma reportagem da revista Veja a respeito da família da primeira-dama.

“Sério mesmo, a irmã Michele é presidiária”, diz uma das publicações compartilhadas com o vídeo no Twitter. O conteúdo circulou também no Facebook, Instagram, TikTok e Kwai.

A gravação traz ainda a mensagem: “A mulher do Bozo é traficante, não deixe esse vídeo morrer”.

Captura de tela feita em 9 de outubro de 2022 de uma publicação no Twitter ( .)

No vídeo, Bolsonaro parece dizer: “Foi condenada por tráfico de drogas. Três anos de cadeia, cumpriu. Agora, é justo levantar isso? E agora tá todo mundo sabendo na vizinhança que ela foi condenada no passado e cumpriu três anos de cadeia. Como é que você acha que tá a cabeça dela nesse momento?”.

“Qual o ganho jornalístico disso?”, continua o mandatário no vídeo. “Falar que a Michelle, há 20 e poucos anos aí, foi condenada e cumpriu três anos de cadeia por tráfico de drogas, tá certo? A mãe dela também, a mesma coisa, um processo por falsidade ideológica e respondeu, foi arquivado.”

Uma busca pelas palavras-chave “Bolsonaro tráfico drogas três anos cadeia” no Google, filtrando por resultados em vídeo, levou a uma gravação da fala completa do presidente publicada em 18 de agosto de 2019 no YouTube.

Na íntegra do vídeo, é possível perceber que Bolsonaro estava se referindo à avó da primeira-dama, e não a Michelle Bolsonaro, o que foi omitido nas publicações viralizadas. A fala completa do mandatário foi:

“A matéria não é mentirosa, é verdadeira. A avó dela, há uns 20 e poucos anos, foi condenada por tráfico de drogas. Três anos de cadeia. Cumpriu. Agora, é justo levantar isso? É uma senhora que já tem seus problemas, pela idade, na faixa dos 80 anos, e agora tá todo mundo sabendo na vizinhança que ela foi condenada no passado e cumpriu três anos de cadeia”.

Em seguida, Bolsonaro continua: “Qual o ganho jornalístico disso? Falar que a avó da Michelle, há 20 e poucos anos aí, foi condenada e cumpriu três anos de cadeia por tráfico de drogas, tá certo? A mãe dela também, a mesma coisa, um processo por falsidade ideológica e respondeu, foi arquivado”.

Na ocasião, o presidente estava se referindo a uma matéria da revista Veja publicada em 16 de agosto de 2019, a respeito da família da primeira-dama, intitulada: “O drama de Michelle: avó traficante e mãe acusada de falsificação”.

A reação de Bolsonaro a essa reportagem também foi registrada à época por diversos veículos de imprensa (1, 2, 3).

Conteúdo semelhante já foi verificado também por Aos Fatos, UOL Confere, Yahoo e Estadão Verifica.

Eleições 2022