Expressão usada por Lula foi tirada de contexto em fala sobre defesa da educação

Copyright © AFP 2017-2023. Todos os direitos reservados.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não disse, em um evento com padres franciscanos, que não dará prioridade à educação em um eventual novo governo. Publicações compartilhadas mais de 10,5 mil vezes desde 4 de outubro compartilham um trecho fora de contexto da fala do candidato na qual ele diz que dará “prioridade zero” à educação. Na sequência, porém, o ex-mandatário continuava: “ou seja, nós vamos cuidar da educação”. A expressão “prioridade zero” já foi usada em outros documentos e artigos com o sentido de “prioridade absoluta”.

“Nesta terça (4), Lula e sua esposa, Janja, participaram de um encontro com frei Davi e frades franciscanos pelo Dia de São Francisco de Assis, celebrado hoje pela Igreja Católica. Durante o evento, o petista cometeu mais uma gafe: ‘Educação vai voltar a ser prioridade zero’", diz uma das publicações compartilhadas no Facebook.

O conteúdo também circula no Twitter, Instagram, TikTok e Kwai.

Captura de tela feita em 5 de outubro de 2022 de uma publicação no Facebook ( .)

No trecho viral, Lula é visto ao lado de um padre dizendo “a gente vai ganhar essas eleições e a educação vai voltar a ser prioridade zero nesse país”.

No dia 4 de outubro, o candidato do PT de fato se reuniu com frades franciscanos em uma celebração pelo Dia de São Francisco. O conteúdo foi transmitido ao vivo no canal do ex-mandatário no YouTube.

Na gravação completa, é possível ver que, logo após o trecho viralizado, Lula acrescenta: “ou seja, nós vamos cuidar da educação”. Esse último trecho foi omitido das publicações virais. Veja a seguir a fala completa do ex-mandatário:

“Frei Davi, a questão que você coloca da educação para nós é uma questão, sabe, de honra. Lamentavelmente, o [Fernando] Haddad prefere ser governador do estado do que ser ministro da Educação, mas a gente vai ganhar essas eleições e a educação vai voltar a ser prioridade zero nesse país, ou seja, nós vamos cuidar da educação”.

Além disso, ao contrário do que sugerem as publicações virais, a expressão “prioridade zero” não significa algo sem importância. Na verdade, a expressão já foi utilizada em outros textos como sinônimo de “prioridade absoluta”.

Em um artigo intitulado “Primeira Infância: Prioridade Zero”, escrito pela pediatra e neurologista Laurista Corrêa Filho e pelo professor Vital Didonet, por exemplo, é definido: “prioridade zero [...] é zero mesmo, antes da primeira, da segunda, de todas as demais” e “prioridade zero é o mesmo que prioridade absoluta”.

Outras reportagens jornalísticas também já usaram a expressão nesse sentido (1, 2, 3).

O ministro da Economia, Paulo Guedes, também já usou a expressão quando, em setembro de 2021, disse que a “prioridade zero” do governo federal era manter o programa Bolsa Família no valor de R$ 300.

Eleições 2022