Lula não disse que 100% das mulheres mexicanas são mulheres; áudio foi adulterado

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Um vídeo no qual o candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) diz que 55% dos deputados federais do México são mulheres foi manipulado para dar a entender que o ex-presidente teria declarado que 100% das mulheres mexicanas “são mulheres”. A sequência alterada circula nas redes desde 3 de agosto de 2022 com mais de 56 mil compartilhamentos. A declaração original, sem a suposta gafe, ocorreu em um ato de sua candidatura em julho de 2022.

“O 9 dedos enlouqueceu de vez”, diz uma das publicações que circulam no Facebook (1, 2), TikTok (1, 2) e Instagram. Nos comentários, usuários criticam o ex-presidente pela redundância da suposta afirmação.

Captura de tela feita em 8 de agosto de 2022 de uma publicação no Instagram ( . / )

No entanto, uma busca por palavras-chave no YouTube permitiu identificar o vídeo original, transmitido ao vivo em 9 de julho de 2022 pelo canal do PT. Nessa versão, não há qualquer registro da declaração viralizada.

A partir de 2:14:18, Lula diz, na verdade: “Eu fui no México esses dias, 55% dos deputados são mulheres, 45% dos senadores são mulheres”. Os valores citados pelo ex-presidente não são exatamente os mesmos, mas se aproximam como os pouco mais de 50% entre deputados federais e de 50% entre senadores.

Pouco depois, a partir de 2:20:01, o candidato à Presidência cita o valor “100” por três vezes - sonoridade que pode ter sido utilizada para compor o áudio adulterado.

Nessa transmissão, chamada pelo Partido dos Trabalhadores de “ato de defesa da democracia” em Diadema, São Paulo, é possível ver que Lula usa a mesma camisa vermelha que está vestindo no vídeo que viralizou nas redes.

Também é possível ver, assim como em algumas versões do vídeo viral, Fernando Haddad sentado atrás do ex-presidente e todos realizando os mesmos movimentos

Comparação feita em 9 de agosto de 2022 entre um vídeo no YouTube (E) e a transmissão oficial do PT do ato em Diadema ( . / )

Em 9 de julho de 2022, o site Poder360 também transmitiu em seu canal no YouTube o evento que contou com a participação de Lula. Com 1:59:00 de vídeo, é possível ver Lula falando sobre a participação das mulheres na política mexicana.

A AFP também participou da cobertura do evento em Diadema. Nesta foto, pode-se ver Lula e Haddad vestidos da mesma forma como aparecem no vídeo viral.

No dia 3 de agosto de 2022, o Partido dos Trabalhadores publicou uma nota em seu site desmentindo que o ex-presidente tenha dito que “100% das mulheres do México são mulheres”.

Conteúdo semelhante foi checado pela Agência Lupa.

Eleições 2022