De cinco imagens atribuídas à marcha pró-Trump de 14 de novembro, apenas uma é verdadeira

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Uma combinação de fotos compartilhada mais de 1,8 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 14 de novembro tem sido acompanhada da afirmação de que se trata de registros da marcha pró-Trump realizada nesse mesmo dia em Washington D.C. Contudo, três fotografias datam de 2016, quando a equipe de basquete Cleveland Cavaliers ganhou o campeonato da NBA; uma foi registrada durante um protesto em Londres em 2018 e a outra, por fim, mostra o ato a favor do presidente norte-americano este ano.

“Washington -14-11- para não dizer nunca mais que Biden venceu..”, afirmam as publicações compartilhadas milhares de vezes no Facebook (1, 2, 3) e no Twitter em poucos dias, que incluem um conjunto de imagens de multidões reunidas nas ruas.

As fotografias começaram a circular em 14 de novembro, quando milhares de apoiadores do presidente Donald Trump participaram de um ato na capital dos Estados Unidos para denunciar uma “fraude” eleitoral por parte do candidato democrata, Joe Biden, nas eleições presidenciais de 2020.

Captura de tela feita em 17 de novembro de 2020 de uma publicação no Facebook

Várias destas fotografias circularam em espanhol e em inglês com afirmações semelhantes.

Contudo, apenas uma delas é verdadeira. Por meio de uma busca reversa das imagens pode-se encontrar a sua origem.

Torcedores do Cleveland Cavaliers

Combinação de fotos feita em 18 de novembro de 2020 de uma publicação no Facebook

Estas três fotografias não foram tiradas durante a manifestação a favor de Trump. As imagens circulam desde junho de 2016, depois que mais de meio milhão de pessoas se reuniram para comemorar a histórica vitória do Cleveland Cavaliers na final da NBA.

A foto de cima à esquerda foi publicada na conta do Twitter do próprio time de basquete na tarde do dia 22 de junho de 2016, assinalando que mais de 1,3 milhão de torcedores se juntaram em Cleveland para a comemoração.

A imagem de cima à direita, por sua vez, é do jornal Plain Dealer de Cleveland, Ohio, e, além de corresponder à celebração da vitória do Cavaliers, foi incluída em uma galeria sobre o jogador LeBron James. Essa mesma foto também aparece como capa de alguns vídeos publicados no canal da equipe de basquete no YouTube.

Por fim, a fotografia abaixo e à direita foi tirada na mesma ocasião pelo fotojornalista Aaron Josefczyk para a agência Reuters e publicada em meios de comunicação como El País e The New York Times.

Ato em meio ao Brexit

Uma quarta imagem mostra, na realidade, um ato ocorrido em outubro de 2018 em Londres, quando mais de meio milhão de cidadãos pediram um segundo referendo sobre o Brexit.

Uma busca reversa pela foto levou ao site britânico ITV, que publicou uma matéria em 20 de outubro de 2018 sobre o tema e que continha a mesma imagem agora viralizada nas redes sociais.

Uma pesquisa pelas palavras-chave “Brexit + London + october 2018” mostrou como resultado reportagens do The Guardian e da BBC. Um vídeo publicado na mesma data no The Guardian e no Evening Standard, por sua vez, permite identificar elementos semelhantes aos da imagem viral.

Comparação feita em 17 de novembro de 2020 entre a foto viralizada (à esquerda) e o vídeo publicado no Evening Standard em 2018

Marcha pró-Trump em 2020

A segunda foto da coluna direita, de fato, corresponde à marcha a favor de Donald Trump, realizada na Freedom Plaza de Washington D.C., perto da Casa Branca.

Ela foi publicada na conta do Twitter do jornalista Shomari Stone, do canal NBC Washington, e também no site do meio de comunicação. A fotografia tem o crédito a Brooks Meriwether, que colaborou com Stone em diferentes coberturas de notícias.

Em 14 de novembro, cerca de 10 mil apoiadores de Trump se reuniram em Washington D.C. antes de marcharem até a Suprema Corte. O tamanho da multidão foi, inclusive, motivo de debate nas redes sociais.

Embora a maioria dos meios de comunicação, incluindo a Fox News, tenha informado que milhares de pessoas compareceram ao ato, alguns membros da equipe de Trump, como a secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, afirmaram que este atraiu mais de um milhão de pessoas.

Em 18 de novembro de 2020, as autoridades locais ainda não haviam publicado uma estimativa oficial da quantidade de participantes.

Em resumo, as publicações que compartilham um conjunto de cinco fotos como se fossem de uma multidão que compareceu na marcha a favor de Trump em 14 de novembro em Washington D.C são enganosas. Apenas uma delas é verdadeira, enquanto três fotografias foram registradas após a vitória do Cleveland Cavaliers na NBA em 2016 e uma imagem foi feita durante um protesto em Londres em 2018.

AFP Brasil
Eleições EUA 2020