As vacinas de RNA não causam doenças autoimunes nem matam quem as recebe

Publicado em 27/04/2021 às 16:51

As vacinas de RNA mensageiro contra a covid-19 têm como objetivo o “despovoamento” e causarão um “caos” no organismo humano mediante reações autoimunes de “três a seis meses” depois de sua aplicação, afirmam publicações e textos compartilhados mais de 6 mil vezes desde o último dia 22 de março. Mas esses supostos efeitos adversos não condizem com o funcionamento das vacinas, segundo especialistas consultados. Tampouco foram registrados nos testes clínicos, iniciados em julho de 2020, ou nas pessoas que já receberam doses deste tipo de imunizante.