A varíola do macaco não tem relação com o adenovírus usado em uma das vacinas anticovid

Atualizado em 01/06/2022 às 19:15

Publicações que acumulam mais de 12.500 interações nas redes sociais desde meados de maio de 2022 sugerem que a varíola do macaco está relacionada à vacina contra covid-19 produzida pela Oxofrd/AstraZeneca, já que entre seus componentes há um adenovírus de chimpanzé. Mas essa afirmação é falsa. Esse adenovírus foi modificado geneticamente para que não pudesse se reproduzir no corpo humano e, além disso, pertence a uma família diferente daquela do vírus causador da varíola do macaco.