Comparar as vacinas para a covid-19 com a pesquisa para evitar a aids e o câncer é enganoso

Publicado em 14/12/2020 às 19:37

Publicações compartilhadas mais de mil vezes nas redes sociais ao menos desde setembro de 2020 questionam as vacinas contra a covid-19, que estão sendo fabricadas em alguns meses, enquanto ainda não há vacinas para a aids ou o câncer, apesar de décadas de pesquisa. Mas estabelecer um paralelo entre os tratamentos preventivos para a covid-19 com os do câncer e da aids é enganoso, já que se tratam de doenças muito diferentes.