Foto de Marcha das Mulheres de 2017 circula como se fosse do ato pró-Trump de 14 de novembro

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Uma imagem aérea de uma multidão em Washington foi compartilhada milhares de vezes em redes sociais desde o último dia 14 de novembro como se retratasse o ato a favor do presidente, Donald Trump, realizado na capital norte-americana no mesmo dia. A foto viralizada foi feita, contudo, em 2017, durante a Marcha das Mulheres na capital - manifestação que tinha como um dos principais objetivos se opor ao político republicano.

“Marcha pare o roubo eleitoral. Washington 14 novembro 2020 - EUA”, diz o texto que acompanha a imagem em publicações no Facebook (1, 2, 3), no dia em que milhares de apoiadores de Donald Trump foram às ruas da capital norte-americana denunciar uma suposta fraude na eleição presidencial, da qual Joe Biden saiu vitorioso.

“Milhares se reúnem em Washington para apoiar Trump”, diz o título de um artigo, compartilhado mais de 6 mil vezes em redes sociais segundo a ferramenta CrowdTangle e ilustrado com a mesma foto.

Captura de tela feita em 16 de novembro de 2020 de uma publicação no Facebook

A imagem viralizada não retrata, contudo, o ato do último sábado.

Uma busca reversa pela foto localizou-a em um tuíte, publicado em 9 de maio deste ano, que indica que o registro foi feito na Marcha das Mulheres realizada nos Estados Unidos em janeiro de 2017.

Uma segunda pesquisa, desta vez pelas palavras-chave “Women’s March” (Marcha das Mulheres, em inglês) e “2017” permitiu localizar a mesma imagem publicada no site da ativista Vanessa Wrubble, co-fundadora da Marcha das Mulheres norte-americana.

Na página, é detalhado que a foto foi feita por Kerry Fleming na marcha de 21 de janeiro de 2017, em Washington. 

Captura de tela feita em 16 de novembro de 2020 do site da ativista Vanessa Wrubble

Neste mesmo dia, o perfil da Marcha das Mulheres no Twitter publicou um vídeo aéreo da manifestação, também creditado a Fleming.

Uma comparação entre a sequência e a foto compartilhada nas redes permite confirmar que se trata do mesmo momento, como demonstrado abaixo:

Comparação feita em 16 de novembro de 2020 entre imagem publicada no Facebook e vídeo publicado na conta oficial do Women’s March no Twitter

Em sua conta no Twitter, Fleming confirmou ter feito o vídeo na Marcha das Mulheres de 21 de janeiro de 2017.

Realizada pela primeira vez naquele ano, a Marcha das Mulheres tinha como um dos principais objetivos se opor ao presidente Donald Trump, em seu primeiro dia completo na Casa Branca.

Fotos da AFP mostram, inclusive, diversos manifestantes com cartazes contrários ao presidente (1, 2, 3) durante o ato, que reuniu mais de dois milhões de pessoas em diversas cidades do país.

O ato do último 14 de novembro contou, por outro lado, com a participação de cerca de 10 mil manifestantes, segundo reportado pela mídia. Abaixo, uma foto feita pela AFP durante a manifestação.

Apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Washington em 14 de novembro de 2020 (AFP / Andrew Caballero-Reynolds)

Em resumo, é falso que a imagem compartilhada nas redes mostre o ato pró-Trump realizado em Washington em novembro de 2020. A foto foi feita, na verdade, na Marcha das Mulheres de 2017 - uma manifestação convocada para se opor ao político republicano.

AFP Brasil
Eleições EUA 2020