Vídeo em que Guga Chacra aparece chorando é de março, quando falava do novo coronavírus

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Um vídeo que mostra o jornalista Guga Chacra chorando em uma transmissão, acompanhado da afirmação de que isto ocorreu pelo fato de Donald Trump ter chances de vencer nas presidenciais norte-americanas de 3 de novembro, foi visualizado mais de 62 mil vezes nas redes sociais em apenas um dia. Apesar de verdadeira, a gravação é de março de 2020, quando Chacra falava sobre a questão do novo coronavírus e o seu impacto.

“GUGA CHACRA DA GLOBO NEWS CHORANDO COM A POSSÍVEL VITORIA DE DONALD TRUMP. CHORA ESQUERDALHA! JORNALISMO BRASILEIRO É UMA VERGONHA!” e “GUGA CHACRA NA GLOBONEWS ‘Se Biden era o favorito no início da noite, esse favoritismo acabou’”, são algumas das legendas das publicações compartilhadas no Facebook (1, 2, 3) desde o último dia 4 de novembro.

A gravação também circulou no Twitter (1, 2) e no Instagram (1, 2), juntamente com comentários de usuários que apoiam a candidatura de Donald Trump na disputa com Joe Biden pela Presidência dos Estados Unidos, na eleição que ocorreu no último dia 3 de novembro. Na madrugada de quarta-feira, a disputa estava acirrada e o atual presidente chegou a se declarar vencedor do pleito.

Captura de tela feita em 5 de novembro de 2020 de uma publicação no Facebook

Mas a afirmação que viralizou nas redes é falsa.

Uma busca reversa no Google pela captura de tela do vídeo obtida por meio da ferramenta InVid-WeVerify* leva a diversas matérias publicadas nos meios de comunicação (1, 2, 3) sobre o momento em que Guga Chacra chorou em um programa ao vivo.

Em 15 de março de 2020, durante a transmissão do “Jornal das Dez”, da emissora Globo News, a equipe do programa “Manhattan Connection”, composta por Lucas Mendes, Caio Blinder e Guga Chacra na bancada, abordava o tema da covid-19 e as dificuldades impostas pelo vírus, contando experiências pessoais.

A partir de 1 hora, 39 minutos do vídeo é possível ver a cena que viralizou nas redes, mas em seu contexto original.

Ao falar de um possível confinamento em Nova York, onde mora, Chacra indica: “eu acho que essa semana vai se agravar muito, eu acho que vai ter o chamado ‘lockdown’. Eu acho que se não for essa semana, é na outra semana, mas vai ter o confinamento. É muito triste isso tudo que a gente ‘tá’... ‘Tava’ até falando com o Caio [Blinder] fora do ar, dá até vontade de chorar, mas…”.

Captura de tela feita em 5 de novembro de 2020 do vídeo original no site da Globo

Diante da repercussão da gravação associada a uma possível vitória de Donald Trump, o jornalista se pronunciou em sua conta no Twitter e afirmou que “quem espalhou esta história será processado”.

Até o momento, o candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, se aproximava da Presidência dos Estados Unidos, mas o presidente republicano Donald Trump denunciou fraude e iniciou vários processos judiciais sobre a apuração dos votos.

Esse conteúdo também foi checado pela Agência Lupa e pelo Estadão Verifica.

Em resumo, é falso que o jornalista Guga Chacra tenha chorado ao vivo devido à possibilidade do atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ser reeleito. O vídeo que circula nas redes é de 15 de março de 2020, quando ele comentava sobre os impactos da covid-19 em diferentes aspectos da vida.

*Uma vez instalada a extensão InVid-WeVerify no navegador Chrome, clica-se com o botão direito sobre a imagem e o menu que aparece oferece a possibilidade de pesquisa da mesma em vários buscadores.

ELEIÇÕES EUA 2020