Joe Biden não morreu nem foi substituído por um suposto irmão gêmeo na Presidência dos EUA

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Joe Biden não está morto nem tem um irmão gêmeo que o substituiu em segredo como presidente dos Estados Unidos, ao contrário do que afirma um vídeo visualizado mais de 4 mil vezes nas redes sociais desde 12 de setembro de 2022. Na gravação viralizada, uma suposta neta de Biden diz que o mandatário faleceu há anos. No entanto, a protagonista do vídeo é Kass Theaz, uma criadora de conteúdo satírico, como ela mesma informa em seus perfis online.

“Noemi Biden? Diz que Joe Biden morreu há 4 anos, substituído por um gêmeo”, diz uma das publicações que circulam no Facebook, Twitter (1, 2), Kwai e Telegram.

Captura de tela feita em 16 de setembro de 2022 de uma publicação no Telegram ( . / )

O conteúdo também circula em inglês e espanhol.

As publicações seguem outras afirmações conspiratórias sem fundamento sobre um clone que substituiu Biden. A AFP não encontrou informações na imprensa sobre a suposta morte do presidente.

Biden é o mais velho de quatro irmãos e não tem irmão gêmeo. Naomi Biden é uma das netas do presidente, mas não é ela a mulher que aparece no vídeo viral.

Kass Theaz, criadora de conteúdo satírico

Respondendo a uma das publicações virais, um usuário advertiu no Twitter que o vídeo vinha de uma conta satírica no TikTok, a isatandstared.

Ao buscar a gravação nesta conta, a equipe de checagem da AFP chegou ao mesmo conteúdo, publicado originalmente em 11 de junho de 2022 e de autoria de Kass Theaz. Sua conta, isatandsared, está claramente intitulada como satírica, assim como seu perfil no Instagram.

Captura de tela feita em 8 de setembro de 2022 da conta no TikTok de Kass Theaz ( . / )

Os conteúdos incluem um vídeo, por exemplo, em que Theaz pergunta: “Você acha que é uma boa ideia processar seus pais por terem tido você?”. Em outra publicação, afirma que “os pássaros são robôs feitos pelo governo”.

As publicações foram compartilhadas depois do anúncio de que Naomi Biden se casará na Casa Branca em novembro, a primeira união no lugar desde 1971.

O AFP Checamos já verificou outras peças de desinformação sobre Joe Biden.

Tradução e adaptação
Política dos EUA