Pesquisa não mostra Bolsonaro com "88% das intenções de voto"; cifra foi tirada de contexto

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Uma pesquisa FSB/BTG realizada entre 22 e 24 de julho de 2022 indicou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) registrava 88% das intenções de voto entre os consultados que consideram viver “um bom momento econômico”. A cifra não se refere às respostas obtidas entre o total de entrevistados, diferentemente do que afirmam publicações nas redes sociais desde 26 de julho de 2022. De acordo com os resultados gerais do levantamento, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentava 44% das intenções de voto para o primeiro turno da disputa presidencial, na pesquisa estimulada, e Bolsonaro, 31%.

“Não dá para mentir por muito tempo”, diz uma das publicações, que traz uma captura de tela da manchete de uma matéria do site Terra Brasil Notícias, intitulada: “Urgente: Pesquisa BTG mostra cenário de Bolsonaro com 88% das intenções de voto à frente de Lula”.

Conteúdo similar pode ser encontrado em outras mensagens no Twitter (1, 2) e Facebook (1, 2), que usam o dado para colocar em dúvida pesquisas anteriores que mostram Lula na liderança.

Captura de tela feita em 27 de julho de 2022 de uma publicação no Twitter ( . / )

No entanto, logo no primeiro parágrafo do texto, o autor da reportagem detalha que os 88% das intenções de voto no atual presidente da República se dão no cenário em que os pesquisados dizem estar “vivendo um bom momento econômico”.

Uma busca no Google pelas palavras-chaves “pesquisa”, “BTG”, “julho” e “presidente” levou a reportagens (1, 2, 3) sobre o levantamento FSB/BTG que informam que Lula aparecia à frente de Bolsonaro no 1º turno com 44% das intenções de voto, contra 31% do atual mandatário.

No site da FSB, instituto responsável por fazer a pesquisa para o BTG Pactual entre os dias 22 e 24 de julho de 2022, foi possível encontrar o relatório resumido do documento, registrado na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com número de identificação BR-05938/2022.

O relatório confirma que o cenário de 88% das intenções de voto para o atual presidente se deu apenas entre aqueles que consideram estar vivendo “um bom momento econômico”, em resposta estimulada e única. De acordo com a mesma sondagem, esse universo corresponde a 6% do total dos entrevistados.

Captura de tela feita em 27 de julho de 2022 da página 29 do 7º estudo sobre corrida eleitoral para o BTG Pactual ( . / )

Já entre os entrevistados que disseram estar “em crise, e com dificuldade de superar”, universo que corresponde a 60% do total de consultados, o ex-presidente Lula apareceu na frente, com 64% das intenções de voto.

Ainda neste documento, o instituto informa que, em um cenário de intenção de voto espontânea para o primeiro turno das eleições de outubro de 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva registrou 40%. Jair Bolsonaro apareceu em segundo lugar, com 30% das intenções.

Na pesquisa estimulada - quando são apresentadas as opções de candidatos -, o instituto aponta que Lula registrou 44%, e Bolsonaro, 31% das intenções de voto para o primeiro turno.

Captura de tela feita em 27 de julho de 2022 da página 13 do 7º estudo sobre corrida eleitoral para o BTG Pactual ( . / )
Eleições 2022