Não, este vídeo não mostra motoqueiros apoiando a candidatura de Bolsonaro

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Um vídeo publicado por diversas contas, a partir do dia 22 de setembro, e assistido cerca de 4 milhões de vezes no Facebook, alega mostrar apoiadores de Jair Bolsonaro, candidato à presidência do Brasil, em uma multitudinária moto-carreata. As imagens foram tiradas de contexto e a informação é enganosa.

“Toda a mídia e os demais candidatos contra Bolsonaro, mas o povo é seu cabo eleitoral”, diz a descrição de uma das publicações. Outra diz: “rapaz vai ser no primeiro turno! #17”. O vídeo foi compartilhado no Facebook por 142 páginas diferentes, a maioria delas abertamente apoiadoras  do presidenciável de extrema-direita.

Checamos a informação. Na realidade, o vídeo foi feito durante a 32a Moto Romaria 2018 no último dia 16 de setembro, um evento que reuniu milhares de motocicletas em uma caravana de Fortaleza a Canindé, a aproximadamente a 120 quilômetros da capital cearense. Segundo os organizadores, trata-se de “um evento único do motociclismo no Ceará. (...) Muitos vão pela fé e religiosidade, mas o evento é aberto a todos”.

A gravação foi realizada na BR-020, na entrada de Canindé, na altura do bairro de Boa Vista, quando a caravana chegava em seu destino final. Na gravação, se pode observar uma bandeira do candidato Robério Monteiro (PDT), que também aparece em um vídeo sobre o evento publicado por Edison Maia, organizador da Moto Romaria, em sua página no Facebook.

Comparação de imagens divulgadas por Edison Maia, organizador da Moto Romaria 2018, com o vídeo, feita no dia 24 de setembro de 2018

Outra filmagem da Moto Romaria 2018 mostra o mesmo padrão do comboio liderado por viaturas da Polícia Rodoviária Federal: 1 Renault, 1 Chevrolet e 5 motocicletas em formação.

Ainda que alguns motoqueiros tenham levado bandeiras de candidatos para as próximas eleições de outubro, o evento não tem nenhuma motivação política. Trata-se de uma peregrinação de cunho religioso em homenagem a São Francisco.

A solicitação de contato feita pela AFP aos organizadores do evento não foi respondida até a publicação desta checagem.

Recentemente, diversas imagens fora de seu contexto original alegando exibir manifestações a favor de Bolsonaro vêm sendo compartilhadas nas redes sociais. A equipe de checagem da AFP já desmentiu algumas delas.

Esta investigação foi realizada com apoio do Projeto Comprova. Participaram jornalistas da AFP e NSC.