Na realidade, esta fotografia foi feita durante um protesto no Centro do Rio de Janeiro

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Uma publicação compartilhada mais de 81 mil vezes desde que foi postada, em 12 de maio de 2019, alega que a fotografia que mostra jovens de costas aparentando estar nus foi feita em uma universidade federal. No entanto, trata-se de um protesto feito no centro do Rio de Janeiro durante o evento “Rio +20”.

“Apoiado Bolsonaro. Tem que dar um basta nessa cachorrada. Se for esse tipo de ensino nas faculdades federais e [sic] melhor cortar 90% das verbas educativas”, diz o texto colocado sobre a imagem que compõe a postagem viralizada.

Captura de tela feita em 21 de maio de 2019 da postagem viralizada no Facebook
 

A equipe de checagem da AFP no Brasil encontrou a fotografia em seu contexto original, que em nada está relacionado com as universidades.

Na realidade, esta foi a Marcha Global da Cúpula dos Povos, um protesto feito durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a “Rio +20”, ocorrido na cidade do Rio de Janeiro de 20 a 22 de junho de 2012.

Várias notícias foram publicadas sobre esta grande manifestação e, em algumas delas, era possível encontrar a fotografia que atualmente viralizou nas redes sociais.

Segundo as matérias, o protesto aconteceu na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio de Janeiro, em 20 de junho de 2012, durante o qual alguns manifestantes decidiram tirar a roupa. Destes, uma parte ficou completamente nua em protesto pela democracia. A única parte do corpo que estava coberta eram seus rostos.

A partir do crédito ao fotógrafo Pedro Kirilos, da Agência O Globo, a AFP pôde ter acesso à imagem no banco de fotografias, confirmando a situação e a data em que a mesma foi tirada.

Pelos metadados da imagem enviada à AFP pela Agência O Globo foi possível constatar que a mesma foi tirada em 20 de junho de 2012 por Kirilos. Além disso, sua descrição era: "ECO Rio +20 - Manifestação dos diferentes povos e organizações na Av. Rio Branco complica o trânsito no Centro do Rio".

Desde que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou em 30 de abril o termo “balbúrdia” como justificativa inicial para o bloqueio de recursos de três universidades, muitas publicações têm viralizado com contextos errôneos.

A AFP, inclusive, já checou o contexto de 14 destas imagens largamente compartilhadas.

Em resumo, esta fotografia não tem relação alguma com universidades. Na realidade, ela foi feita durante um protesto ocorrido na “Marcha Global”, no âmbito do evento “Rio +20” em 2012, quando um grupo decidiu tirar a roupa.

AFP Brasil