Halyna Hutchins não estava produzindo documentário sobre pedofilia em Hollywood

Publicado em 04/11/2021 às 15:31

Publicações compartilhadas centenas de vezes em redes sociais desde 24 de outubro de 2021, junto à captura de tela de um artigo, sugerem que a morte de Halyna Hutchins, a diretora de fotografia que foi baleada pelo ator Alec Baldwin em um set de filmagem, está associada a sua participação em um documentário sobre círculos de pedofilia em Hollywood. Mas isso é falso. Um dos agentes de Hutchins disse à AFP que a cinegrafista não estava escalada para trabalhar em nenhum documentário e o site que publicou o artigo, originalmente em inglês, adverte sobre a falsidade do conteúdo.