A imagem mostra uma miniatura feita à mão e não a menor ave do mundo

Uma fotografia na qual se vê um pequeno pássaro pousado em uma mão foi compartilhada ao menos 12.400 vezes nas redes sociais em português e em vários outros idiomas desde 15 de outubro de 2019, assegurando mostrar a menor ave do mundo. Entretanto, isto é falso. A imagem mostra uma miniatura feita por uma artista búlgara e o pássaro no qual ela se inspirou tampouco é o menor do mundo.

“Conheça o zunzuncinto, o menor passarinho do mundo [sic]”. “O zunzuncito é o menor pássaro do mundo. Também chamado de pássaro de mosca, elfo ou pássaro de abelha [sic], dizem as publicações no Facebook (1, 2, 3) e no Twitter (1, 2), todas com a mesma foto.  

Captura de tela feita em 22 de novembro de 2019 do Facebook mostra uma das publicações viralizadas

A imagem e a legenda também circulam em inglês e espanhol (1, 2) no Facebook e no Twitter desde outubro de 2019. Uma das publicações mais populares em inglês foi compartilhada mais de 45 mil vezes. 

Para descobrir a origem da fotografia, a equipe de checagem da AFP realizou uma busca reversa* da imagem nos navegadores Google e Yandex.

O resultado mais antigo da imagem no Google Images é de 9 de julho de 2014 e leva à conta no Pinterest Malinik Miniatures (Miniaturas Malinik, em português), que vende “esculturas de animais e pássaros feitas a mão” e remete à página no Facebook Malinik Miniature Animals. Essa conta escolheu a fotografia da miniatura do suposto menor pássaro do mundo como foto de perfil em 18 de outubro de 2019.

Na conta do Pinterest são vistos, em um painel chamado “Minhas miniaturas de pássaros e animais”, fotos de vários animais, a maioria aves. Quase todas as imagens têm a mesma estética: uma mão que segura a figura do animal para mostrar o tamanho da miniatura e um fundo colorido.

Uma das fotografias, de fato, é a que está circulando nas redes sociais. A imagem tem como legenda: “Miniatura realista de um pássaro chapim-real”, além do valor (122,50 dólares) e uma advertência de que não há mais exemplares disponíveis.

A página no Facebook Malinik Miniatures inclui um endereço de e-mail e uma pequena biografia em inglês que diz, em tradução livre:

“Meu nome é Ina ou Miniaturas Malinik. Sou de Berkovitsa (Bulgária, Europa) e vivo em Illinois (Estados Unidos). Sou especialista em animais, sobretudo pássaros. Tudo é feito a mão e em exemplares únicos. Trabalho com argila polimérica e arame para fazer a escultura, e depois cubro-a com penas ou fibras. Sempre tento fazer as minhas criaturas o mais realistas possível e aproveito muito fazendo isso”.

Em suas fotos aparece o processo de realização de um exemplar dessa mesma miniatura com datas de 3 de fevereiro e 4 de fevereiro de 2019.

Além disso, a conta no Instagram de Malinik Miniatures mostra fotos do trabalho de Ina Gancheva.

A equipe de verificação da AFP entrou em contato com a artista Ina Gancheva por meio do Facebook, que respondeu: “A foto é minha e, sim, eu fiz esse minipássaro (...) Não é um pássaro real. É uma escultura em miniatura. Vi algumas pessoas publicando minhas fotos sem permissão e dizendo que este era o menor pássaro do mundo. Fizeram isso com este e com outros pássaros também”, afirmou.

A artista búlgara não quis fornecer mais informações sobre as suas obras.

Em sua página pessoal no Facebook, Gancheva se referiu a uma postagem da Nature Gold, que publicou uma foto de sua escultura e apresentou-a como “o menor pássaro do mundo”. A mensagem, em inglês, diz: “Oh, uau. Não sabia que o meu pássaro podia voar”.

Um colibri cubano

A miniatura feita por Gancheva tampouco representa o menor pássaro do mundo.

O professor Gary Stiles, ornitólogo do Instituto de Ciências Naturais da Universidade Nacional da Colômbia, afirmou em uma entrevista por telefone à AFP que a miniatura pode representar “um filhote de uma espécie de parus. Essa ave é encontrada, sobretudo, na América do Norte e em algumas partes da Europa”.

O parus, explica Stiles, é o gênero de um grupo de pássaros que abarca mais da metade das aves do mundo. Os parus também são chamados comumente de “chapim-real”. Chapim-real (chickadee) é o nome que aparece na publicação no Pinterest de Malinik Miniatures.

“De forma nenhuma esse pássaro da foto é o menor do mundo. O menor é um colibri residente em Cuba que pode pesar dois gramas na fase adulta”, afirmou Stiles.

A AFP também enviou a foto que estava circulando nas redes sociais ao ornitólogo colombiano Andrés Cuervo, curador de Ornitologia da Universidade Nacional da Colômbia e ex-diretor científico das coleções biológicas do Instituto Humboldt.

Cuervo explicou que é possível que com a miniatura estivessem recriando “um passarinho do Hemisfério Norte, seja dos Estados Unidos, ou da Europa, da família paridae. Nessa família estão os chickadee ou chapim-real, que são dos gêneros parus e poecile”. Cuervo explicou que esse tipo de ave pesa entre 10 e 11 gramas. 

Um zunzuncito, ou pássaro de abelha (Mellisuga helenae), no viveiro El Nido de Ixtapaluca, no México, em 27 de setembro de 2011

O especialista concordou com Stiles de que o pássaro de menor tamanho no mundo é o colibri que vive em Cuba: “É muito pequeno. Mede entre cinco e seis centímetros e seu peso varia entre 1,6 e 2,5 gramas. Se alimentam de insetos e do néctar das flores. Esta espécie vive em áreas de florestas e de restolhos na ilha de Cuba”, assegurou Cuervo à AFP.

Esse colibri cubano é conhecido como zunzuncito, ou pássaro abelha, e seu nome científico é Mellisuga helenae. “Como todos os colibris, consome muitos insetos e néctar das flores de várias espécies de plantas”, afirma Cuervo.

Desde 2016 este pássaro aparece na lista de espécies ameaçadas da União Internacional para Conservação da Natureza.

Esta não é a primeira vez que uma foto é erroneamente apresentada como a imagem do menor pássaro do mundo. Em 2018, uma foto de um colibri topaz foi compartilhada em francês mais de 37 mil vezes no Facebook. Na realidade, tratava-se de uma miniatura feita de origami por um coletivo de artistas da Índia, como foi verificado pela AFP em francês.

Em resumo, a foto viral não mostra o menor pássaro do mundo e tampouco documenta um animal vivo. Na realidade, a imagem corresponde a uma escultura em miniatura feita por uma artista búlgara.

*Uma vez instalada a extensão InVid no navegador Chrome, clica-se com o botão direito sobre a imagem e o menu que aparece oferece a possibilidade de pesquisa da mesma em vários buscadores.