Jovem que defende traficantes e cita “maconhaço” em vídeo não é filha de Maria do Rosário

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Vídeos atribuídos à “filha da Maria do Rosário” voltaram a circular em maio de 2022, somando mais de 25 mil visualizações nas redes sociais desde 2019. No entanto, a jovem que protagoniza as imagens viralizadas não é filha da deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT), mas uma humorista que satiriza movimentos de esquerda. O parentesco foi negado pela protagonista das gravações, conhecida nas redes como Fernanda Minazzi, e pela parlamentar.  

“Meu Deus!!! Que orgulho de Maria do Rosário”, diz uma das publicações compartilhadas no Facebook com dois vídeos compilados, a foto da deputada, a frase “Filha da Maria do Rosário” e a estrela do PT. Conteúdo semelhante circula no Instagram, no Twitter, no YouTube e no TikTok

Captura de tela feita em 6 de maio de 2022 de uma publicação do Facebook ( . / )

No compilado há um primeiro vídeo de uma jovem, supostamente filha de Rosário, convocando para um “maconhaço” em defesa do ex-presidente Lula e da democracia, e uma segunda gravação da mesma mulher defendendo traficantes de drogas. 

Como o Checamos mostrou em fevereiro de 2019, a jovem que aparece nas imagens não é filha da deputada, mas uma humorista cujo nome artístico é Fernanda Minazzi - ou Fê Minazzi em uma ironia ao termo “feminazi”, usado para se referir a feministas radicais - e que satiriza os movimentos de esquerda. 

Os dois vídeos que atualmente são compartilhados juntos ou separados foram publicados originalmente na página da humorista no Facebook (1, 2) em 2016.

A gravação em que Minazzi convoca para um “maconhaço” a favor de Lula e da democracia também circulou em março de 2021, no contexto de quarentena pela pandemia de covid-19. O vídeo em que a personagem defende traficantes foi feito na esteira de uma polêmica envolvendo a jornalista da Rede Globo Fátima Bernardes. 

O suposto parentesco entre a jovem e a parlamentar foi negado pelas duas. 

A atriz que interpreta Minazzi ironizou o suposto vínculo familiar na época da CPMI da Fake News, aberta no Senado em setembro de 2019. “ESPERO SER CHAMADES NAS CPMIS DAS FAKE NEWS PARA ESCLARESCER DILMA VEIS POR TODES QUI EU NÃO SOU FILHES DA MARIA DO ROSÁRIO EMBORA ELA SEJES COMO UMA MÃE ESPIRITUAL PRA MIM”, disse a personagem em uma publicação no Facebook. 

Rosário também negou em mais de uma ocasião (1, 2) a alegação de que a jovem seja sua filha. “Novamente tá rolando nas redes um vídeo com a fake news de uma menina apresentada como minha filha. Aquele vídeo é mentiroso e isto não é um acaso. É injusto q p/ me atacar, usem minha família”, disse a deputada em uma publicação em 4 de maio de 2022.