Sim, um cachorro foi abatido em um supermercado Carrefour em Osasco, em São Paulo

Circula nas redes sociais a informação de que um cachorro foi morto em um Carrefour em Osasco, região metropolitana de São Paulo. Internautas indignados chegaram a convocar um boicote à rede de supermercados. A informação é verdadeira.

Captura de tela de um vídeo no Youtube mostrando imagens do cachorro abatido, feita 5 de dezembro de 2018Captura de tela de um vídeo no Youtube mostrando imagens do cachorro abatido, feita 5 de dezembro de 2018
 

“Não farei minhas compras de Natal na rede Carrefour, e estou pedindo a todos amigos e familiares que não comprem nada na rede Carrefour, não compactuem com essa cruel morte”, escreveu uma usuária no Facebook em uma publicação que foi compartilhada mais de 60.000 vezes desde o dia 2 de dezembro de 2018.

Imagens do incidente, assim como do animal ferido, circulam na internet.

Uma testemunha  “relatou que no dia 28 de novembro de 2018 o departamento [de fauna e bem-estar animal da Prefeitura de Osasco] foi acionado para resgatar um cachorro que estava ferido (...) O cão foi socorrido e teve uma parada cardíaca, a que não sobreviveu”, segundo informação do boletim de ocorrência da Policia Civil, que abriu inquérito para apurar a morte do cachorro, ao qual a equipe de checagem da AFP obteve acesso. Segundo o mesmo informe, o “cão teria sido agredido por um funcionário do supermercado [Carrefour]”.

Contatada pela AFP, a assessoria de imprensa do Grupo Carrefour no Brasil esclareceu:

Depois do ocorrido, ativistas e defensores dos direitos dos animais protestaram no estabelecimento do grupo Carrefour em Osasco. A ativista e apresentadora de televisão Luisa Mell, presidente do Instituto Luisa Mell, declarou, através de sua conta oficial no Instagram, que a Associação de Advogados Criminalistas “está entrando com uma ação de maus-tratos contra o funcionário e de danos morais coletivos contra o Carrefour”.

Nas redes sociais, viraliza um meme que pede “Justiça pelo crime no Carrefour de Osasco”. A ONG de defesa animal “Bendita Adoção” publicou no Instagram a convocação de uma manifestação de “repúdio e luto pela morte brutal do cachorrinho no Carrefour” para o dia 8 de dezembro, no próximo sábado.

AFP Brasil