O espetáculo de fogos de artifício no Japão é uma simulação digital publicada em 2015

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Um vídeo de coloridos fogos de artifício lançados em frente ao Monte Fuji, em Tóquio, circula com a afirmação de que estes seriam utilizados durante a abertura dos Jogos Olímpicos de 2020 mas que, após o adiamento da competição, as autoridades japonesas decidiram apresentar o espetáculo de qualquer maneira. No entanto, a sequência amplamente compartilhada em redes sociais desde meados de agosto é uma simulação publicada no YouTube em 2015.

“Fogos preparados por Tokyo para abertura dos jogos olímpicos. Os jogos não puderam acontecer por conta da pandemia mas os fogos não podiam ser guardados até 2021, assim foram apresentados agora. Aprecie os fogos dos jogos olímpicos na base do maravilhoso monte Fuji”, diz uma das publicações, compartilhadas mais de 1.800 vezes no Facebook (1, 2, 3) desde 15 de agosto.

A sequência circulou com alegação semelhante no Instagram (1, 2, 3), Twitter (1, 2, 3) e YouTube, assim como em inglês e espanhol.

Captura de tela feita em 24 de agosto de 2020 de uma publicação no Facebook

O vídeo dura 2 minutos e 57 segundos e, ao fundo, pode ser ouvida a abertura da ópera “Guilherme Tell”, do compositor italiano Gioachino Rossini.

Embora os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 realmente tenham decidido adiar o evento até julho de 2021 devido à pandemia de COVID-19, as outras afirmações que acompanham o vídeo não são verdadeiras.

Simulação digital

Uma busca reversa por capturas de tela da gravação associadas à palavras-chave permitiu localizar uma sequência idêntica à compartilhada nas redes sociais, publicada no YouTube em 1º de dezembro de 2015 por um usuário chamado “hiramu55bocaboca”, que compartilhava frequentemente vídeos relacionados a fogos de artifício.

A gravação é intitulada, em tradução livre do inglês: “FWsim Monte Fuji Show de Fogos de Artifício Sincronizados 2”.

A descrição, originalmente em japonês, diz: “Um novo trabalho pela primeira vez em cerca de um ano. Assim como no trabalho anterior, o baseei na ilusão de que ‘uma exibição de fogos de artifício em grande escala foi realizada no inverno no Lago Kawaguchi em cooperação com a Associação de Pesca do Lago Kawaguchi para celebrar o reconhecimento do Monte Fuji como Patrimônio da Humanidade’. Por isso, o fundo é o lago Kawaguchi”.

“Minha habilidade como diretor não cresceu em comparação com um ano atrás. Mas, graças a uma ferramenta maravilhosa desenvolvida pelo Sr. Anonymous, a qualidade das balas melhorou imensamente”, acrescentou o usuário, destacando também a “força destrutiva” dos projéteis, os reflexos no lago e a música de fundo.

Abaixo, uma comparação entre trechos do vídeo compartilhado nas redes (esquerda) e da gravação publicada em 2015:

Comparação feita em 24 de agosto de 2020 entre vídeo compartilhado nas redes sociais (esquerda) e vídeo publicado no YouTube em 2015

“Não são fogos de artifício de verdade”, respondeu Hisashi Kinoshita, o usuário que publicou a sequência no YouTube, quando contactado pela equipe de checagem da AFP.

Kinoshita explicou que usou um programa de simulação chamado “FWsim”, no qual se “pode desenhar fogos de artifício e combiná-los para desenhar um espetáculo”. “A imagem de fundo pode ser alterada, assim utilizei o Monte Fuji, no Japão, como fundo”, acrescentou.

O Monte Fuji é a montanha mais alta do Japão.

O Japão organizou vários espetáculos de fogos de artifício desde o último dia 1º de junho, para tentar levantar o ânimo da população e convidá-la a orar pelo fim da pandemia do novo coronavírus.

Em resumo, o vídeo de um espetáculo de fogos de artifício não mostra uma apresentação planejada originalmente para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020. Se trata de uma simulação digital publicada no YouTube em 2015.

Tradução e adaptação
AFP Brasil