O cão socorrista não foi fotografado após o terremoto na Turquia: as imagens datam de 2018

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Duas imagens de um cachorro sobre um monte de escombros foram compartilhadas mais de 23,5 mil vezes nas redes sociais ao menos desde o último dia 4 de novembro assegurando se tratar de registros feitos após o terremoto na Turquia, ocorrido em 30 de outubro de 2020. No entanto, a foto circula na Internet ao menos desde 2018.

“#TURQUÍA! #Terremoto. A imagen da cachorrinha que entre os escombros buscou sua familia soterrada e se pos a latir forte e uivar alto, quando os encontrou pra que os socorristas viessem salvá-los, é a maior prova de amor, independente da espécie”, afirmam as legendas de postagens compartilhadas milhares de vezes no Facebook (1, 2, 3) desde o início de novembro.

Esse texto acompanha duas fotos, nas quais pode-se ver um cachorro sobre escombros e na outra, deitado junto a uma mão que sai em meio aos destroços de construções, e circulou igualmente no Instagram (1, 2) e Twitter (1, 2). 

Captura de tela feita em 11 de novembro de 2020 de uma publicação no Instagram

Com afirmações similares, as imagens foram encontradas em publicações em espanhol, grego e inglês.

Em 30 de outubro, um forte terremoto registrado na região do Mar Egeu, perto de Izmir, a terceira cidade com maior população na Turquia, e da ilha grega de Samos, provocou a queda de vários edifícios, deixando mais de 110 mortos, quando os socorristas interromperam as buscas por sobreviventes, no último dia 4 de novembro.

Mas o cachorro visto nas fotografias viralizadas não estava participando destes resgates.

O comentário de um usuário neste tuíte levou às imagens originais (1, 2) em um álbum publicado na plataforma Shutterstock e intitulado “Cães de resgate”, atualizado pela última vez em janeiro de 2019. Lá pode-se ver registros do mesmo animal.

Uma busca reversa pela fotografia, por sua vez, levou a vários bancos de imagens (1, 2). De acordo com as legendas, elas foram tiradas pelo fotógrafo Jaroslav Noska.

A equipe de checagem da AFP entrou em contato com Noska, mas não obteve resposta até o momento da publicação desta verificação.

No site Alamy é mencionado que a imagem foi feita em outubro de 2018. Contudo, nenhuma das plataformas especifica o lugar em que a cena foi registrada.

Em resumo, é falso que as fotos do cachorro entre escombros tenham sido feitas após o terremoto que afetou a Turquia em 30 de outubro de 2020. De acordo com uma pesquisa, a imagem circula na Internet ao menos desde 2018.

AFP Uruguay
Tradução e adaptação
AFP Brasil