Não, vídeo não mostra um “terrorista” em pleno incêndio em Notre-Dame, mas sim um bombeiro

Um vídeo que mostra um homem caminhando no alto de uma torre de Notre-Dame, no início do incêndio que atingiu parte da catedral parisiense em 15 de abril de 2019, circula na Internet como uma evidência de que se trata do responsável pelo fogo, às vezes chamando-o de “terrorista”, “muçulmano”, ou simplesmente “um suspeito”. Entretanto, não há nada estranho na presença deste homem, pois era um bombeiro trabalhando.

“Atentado terrorista. Jihadista no teto da Notre-Dame no início do incêndio. Quanto tempo até o governo apodrecido de [Emmauel] Macron dar nome aos bois? ATENTADO TERRORISTA” (1), “Um muçulmano na torre de NOTRE-DAME? O que ele fez lá?” (2), “NOTRE-DAME - QUEM TEM CORAGEM DE OLHAR PARA A VERDADE? Vejam no final do vídeo um MUÇULMANO caminhando numa sacada antes do incêndio” (3), foram algumas das descrições do vídeo amplamente compartilhado (4 e 5).

Captura de tela feita em 18 de abril de 2019 mostra uma das postagens viralizadas a respeito de um suposto terrorista visto na torre da catedral de Notre-Dame durante o incêndio

Alguns vão além, tentando analisar o contexto da situação: “O vídeo mostra um estranho ‘vagando’ em Notre-Dame, enquanto ela queima. Ele está sozinho, sem equipamentos contra incêndio. As autoridades francesas relataram que não havia ninguém na igreja, que estava fechada antes do incêndio iniciar. Como se explica então essa pessoa em uma das duas torres da igreja, meia hora após o início do incêndio? Segundo comentários nas redes e na imprensa, esse estranho na igreja poderia ser um muçulmano?” (6) e “Notre-Dame - Paris - França. EU FALEI QUE TINHA ISLÂMICO NESTA HISTÓRIA DE INCÊNDIO. FOI CRIMINOSO. O TERRORISTA MUÇULMANO FOI FLAGRADO NO ANDAR NA HORA QUE COMEÇOU O INCÊNDIO! Disseram que não havia NINGUÉM no andar onde começou o incêndio. Mas em tempos de celular e redes sociais, não dá para ‘desinformar’ todo mundo. Podem mentir, mas nós sabemos a verdade” (7).

Considerando que tanto os visitantes como os operários que trabalhavam nas tarefas de restauração da catedral já haviam sido evacuados, esses comentários dão a entender que a presença de uma pessoa naquele monumento é suspeita.

Versões similares foram encontradas em espanhol, inglês, italiano e francês. Alguns se questionam se a pessoa que aparece no vídeo seria um bombeiro, operário, ou um transeunte. Outros também dizem que as imagens são “muito perturbadoras”.

Como assinalou o Check News, o vídeo, curto e de baixa qualidade, provavelmente se tornou viral a partir de um tuíte em espanhol publicado na própria segunda-feira. A gravação mostra uma transmissão ao vivo da emissora espanhola RTVE do incêndio na catedral.

As mesmas imagens foram divulgadas pela emissora CNBC e estão disponíveis em sua página no YouTube, contendo a cena em que o homem caminha na torre sul, aos 42 minutos, com uma qualidade muito superior.

Nos segundos seguintes, vê-se outra pessoa se aproximando com um equipamento de bombeiro, um capacete e tanques oxigênio nas costas (42’50”). Também parece pegar uma mangueira, pouco antes de chegar uma terceira pessoa.

Consultado pela AFP, o Corpo de Bombeiros de Paris não hesitou: o homem que circula com um colete e levanta tantas suspeitas faz parte da corporação. “Trata-se do chefe de operações da BSPP (Corpo de Bombeiros de Paris), explicou o tenente-coronel Gabriel Plus, segundo quem o bombeiro estava sendo gravado enquanto realizava uma avaliação da situação.

O protagonista dos vídeo viralizado usa um colete amarelo porque é o “chefe das operações de resgate”, o que o distingue dos demais bombeiros, detalhou o BSPP.

A investigação sobre o incêndio na catedral de Notre-Dame foi aberta dando prioridade à “pista acidental”, declarou na terça-feira (16) o procurador de Paris, Rémy Heitz. “Nada indica que tenha sido um ato voluntário”, acrescentou.

Em resumo, o “estranho transeunte” no vídeo é, na realidade, o chefe de operações do Corpo de Bombeiros de Paris.

Grégoire Lemarchand
AFP Brasil