Não, este vídeo não mostra a queda do avião Boeing 737 MAX 8 na Etiópia

Um vídeo viralizado e compartilhado em vários idiomas nas redes sociais diz mostrar a queda do avião Boeing 737 MAX 8 na Etiópia, em 10 de março de 2019, na qual morreram seus 157 ocupantes. Entretanto, as imagens correspondem ao avião Boeing 747 que caiu na base militar de Bagram (Afeganistão) em 29 de abril de 2013.

"Momento da queda do avião da Etiópia/Boeing 737 Max 8", diz a legenda da publicação em português, de 26 de março de 2019. Na publicação do vídeo em espanhol é possível ver uma indicação do usuário a respeito da origem das imagens em um dos comentários: "a verdade [é que] eu não entendo. Uns dizem que [foi no] Iraque, outros, que foi no Afeganistão. A verdade é que caiu e ninguém, nem os noticiários internacionais, tem ideia de onde foi. Mas que caiu, caiu…".

Além da viralização no Facebook em português, foi possível encontrar registros do vídeo no Twitter (1 e 2).

Em 10 de março, um Boeing 737 MAX 8 da Ethiopian Airlines, que deveria cumprir a rota Adis Abeba-Nairóbi, caiu a sudeste da capital etíope, matando as 157 pessoas a bordo.

Contudo, as imagens do vídeo viralizado não mostram este acidente, e sim um anterior, com um Boeing 747 da National Airlines em Bagram, no Afeganistão, em 29 de abril de 2013.

Na época, vários meios de comunicação (1, 2 e 3) informaram sobre o ocorrido.

A Junta Nacional americana de Segurança no Transporte (National Transportation Safety Board, NTSB) tornou público em 3 de fevereiro de 2015 sua análise do acidente, que inclui um relatório sobre a sequência obtida por câmeras de duas torres de vigilância e de uma dentro de um veículo, detalhando sua localização.

Na página 8 do relatório é possível encontrar um dos fotogramas feitos de dentro do veículo, e que é visto aos 20 segundos do vídeo viralizado.

Captura de tela feita em 4 de abril de 2019 do relatório em PDF da NTSB

De acordo com o relatório da NTSB, a aeronave caiu devido ao fato de a carga que transportava não ter sido presa adequadamente dentro do avião, deixando os sete tripulantes mortos.

Portanto, o vídeo não mostra o acidente com o Boeing 737 MAX 8 na Etiópia em 10 de março de 2019, e sim uma queda ocorrida em 2013 no Afeganistão.