Varíola do macaco

Varíola do macaco não é herpes-zóster, “em reação” à vacina contra a covid-19

Publicado em 08/06/2022 às 19:39

Publicações compartilhadas nas redes sociais sugerem que os casos de varíola do macaco que começaram a ser detectados em diversos países a partir de maio de 2022 seriam, na verdade, manifestações de herpes-zóster, supostamente em reação aos imunizantes contra a covid-19. Especialistas ouvidos pela AFP explicaram que, apesar de terem sintomas semelhantes, as duas doenças são causadas por vírus “absolutamente distintos” e, portanto, inconfundíveis. Além disso, não existe relação entre a doença endêmica e a vacina desenvolvida para combater o novo coronavírus.