Imagem de protesto contra Dilma Rousseff é atribuída a ato pró-Bolsonaro de 1º de maio

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

A fotografia de uma multidão na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, voltou a circular nas redes sociais neste início de maio associada ao atual presidente Jair Bolsonaro e após as manifestações em seu favor ocorridas em 1º de maio em todo o país. Mas a imagem, que já soma mais de 3,1 mil compartilhamentos em pouco mais de um dia, é de março de 2015 e mostra um protesto pelo impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

“Essa vai pra esquerdalha que diz que tem eleitor do Bolsonaro arrependido. Será???”, indicam as legendas das fotos, compartilhadas milhares de vezes no Facebook (1, 2, 3) desde o último dia 2 de maio.

Captura de tela feita em 3 de maio de 2021 de uma publicação no Facebook

Promovidos em São Paulo e Brasília, além de outras cidades, os protestos tinham como um dos lemas a frase “Autorizo Bolsonaro”, que, há duas semanas, disse estar esperando “um sinal do povo” para “tomar medidas” contra as restrições adotadas por governos locais para combater a propagação da covid-19 no país.

Mas uma busca reversa pela imagem no Google mostra a mesma fotografia em um site de notícias datada de março de 2016 mencionando uma manifestação pelo impeachment da então presidente Dilma Rousseff (2011-2016).

Uma segunda pesquisa, a partir dos termos “Dilma + Brasília + manifestação + impeachment” encontrados anteriormente, levou a uma matéria do jornal Folha de S.Paulo de 15 de março de 2015 contendo a mesma fotografia viralizada e creditando-a ao fotógrafo Sérgio Lima, da agência Folhapress.

Comparação feita em 3 de maio de 2021 entre a imagem viralizada (à esquerda) e a fotografia no site da Folha de S.Paulo

No site da Folhapress, por sua vez, é possível chegar a outra foto da mesma cena, registrada no mesmo dia 15 de março de 2015, cuja descrição diz: “Manifestação contra a presidente Dilma Rousseff na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF). A concentração começou no Museu da República, terminando no Congresso Nacional. Alguns manifestantes pedem o impeachment da presidente e a volta da Ditadura Militar”.

De acordo com o artigo da Folha de S.Paulo, o momento central da manifestação reuniu 45 mil pessoas, segundo informações da Polícia Militar do Distrito Federal, durante a qual foram registrados confrontos entre a PM e os presentes.

Em todo o Brasil, em 15 de março de 2015, cerca de 1,5 milhão de pessoas protestaram contra a então chefe de Estado e cuja principal pauta era o impeachment da presidente, que havia começado o seu segundo mandato no início de 2015.

Em agosto de 2016, Dilma Rousseff perdeu seu cargo após ser destituída pelo Senado. 

Embora a imagem viralizada não esteja relacionada a Bolsonaro, em 1º de maio de 2021 milhares de pessoas realmente foram às ruas apoiar o atual presidente, apesar da pandemia de covid-19 e das mais de 400 mil vítimas da doença no país. As concentrações aconteceram na maioria das principais cidades, como Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

O AFP Checamos já havia verificado essa imagem em maio de 2019, após ela ser atribuída a outra manifestação a favor de Bolsonaro.

AFP Brasil