Não há registro de Max Verstappen dedicando o título da F1 a Bolsonaro em entrevista ao NYT

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Publicações afirmando que o piloto holandês Max Verstappen dedicou a sua vitória na Fórmula 1 - em entrevista ao jornal The New York Times - à namorada, ao sogro, ao povo brasileiro e “ao melhor presidente da história deste país, Jair Messias Bolsonaro” foram compartilhadas centenas de vezes nas redes sociais desde o último dia 12 de dezembro, data da corrida em que se sagrou campeão. No entanto, não há registro de que Verstappen tenha dado essa declaração.

“Dedico esse título a minha namorada Kelly, ao meu sogro Nelson Piquet, ao povo brasileiro, e ao melhor presidente da história deste país, Jair Messias Bolsonaro. Max Verstappen ao The New York Times”, diz o texto sobreposto a uma fotografia do piloto de Fórmula 1 em publicações compartilhadas no Facebook (1, 2), no Instagram (1, 2) e no Twitter (1, 2).

Nas mensagens, os usuários celebraram a suposta declaração do piloto holandês em comentários como: “Max Vestappen herói!” e “Parabéns Max Vestappen #fechadocombolsonaro222022”.

Captura de tela feita em 14 de dezembro de 2021 de uma publicação no Twitter ( .)

No último dia 12 de dezembro, o piloto Max Verstappen se sagrou campeão mundial de Fórmula 1, após vencer o Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada de 2021.

Logo depois da conquista, a imagem com a suposta dedicatória ao presidente Jair Bolsonaro, entre outras pessoas, começou a viralizar. Contudo, não há registro dessa declaração de Verstappen ao jornal The New York Times, como alegam as publicações.

Uma busca no Google pelos termos “Max Verstappen + New York Times” mostrou como resultado uma matéria publicada no site do meio de comunicação norte-americano em 9 de dezembro de 2021 e atualizada no dia 12, com a vitória do piloto holandês.

Ao longo do texto há declarações de Verstappen, mas nenhuma menciona o presidente brasileiro.

Uma pesquisa avançada pelos termos “Max Verstappen” e “Jair Messias Bolsonaro”, como aparecem nas publicações virais, somente no site do The New York Times, não levou a nenhum artigo ou entrevista em que o holandês citasse o mandatário.

Uma busca nas redes sociais do piloto e nas plataformas de arquivamento de publicações Wayback Machine (1, 2, 3) e Archive Today (1, 2, 3) tampouco mostrou qualquer citação a Bolsonaro.

No Instagram, Verstappen, sim, agradeceu a sua equipe, família e amigos após vencer o campeonato mundial de Fórmula 1.

A imagem utilizada nas publicações virais também pode ser encontrada no Instagram do piloto. A foto data de 10 de novembro de 2021, quatro dias antes do Grande Prêmio do Brasil, em São Paulo. A legenda, em inglês diz: “GP do Brasil carregando”.

Como indicam as postagens virais, Max Verstappen namora com Kelly Piquet (1, 2), filha do ex-piloto brasileiro de Fórmula 1 e tricampeão mundial Nelson Piquet.

O Checamos já verificou outras alegações (1, 2) sobre supostas declarações de atletas ao jornal The New York Times.

Conteúdo semelhante foi checado pela equipe da Agência Lupa.