Foto da praia de Copacabana tomada por uma multidão circula na internet ao menos desde 2015

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

“COPACABANA/01/08/21”, dizem publicações compartilhadas mais de 18,2 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 1º de agosto, quando partidários do presidente Jair Bolsonaro realizaram atos em diversas cidades do país a favor da adoção de urnas eletrônicas que permitam também a impressão do voto. Mas a foto viralizada não mostra uma dessas manifestações: na verdade, ela circula online ao menos desde 2015, quando foram registrados vários protestos contra a então presidente Dilma Rousseff.

A imagem, amplamente compartilhada em publicações no Facebook (1, 2, 3) e no Twitter (1, 2, 3), é acompanhada por legendas elogiando o suposto alto comparecimento a um dos atos a favor do presidente Jair Bolsonaro e da impressão do comprovante de votação nas urnas eletrônicas em 1º de agosto de 2021.

“01/08/2021 Brava gente brasileira! Copacabana, RJ #VotoImpressoAuditávelJá” e “Imagem de Copacabana RIO Democracia é o POVO #BrasilPeloVotoAuditavel”, dizem algumas das postagens.

Captura de tela feita em 2 de agosto de 2021 de uma publicação no Twitter

Realizadas em diversas cidades como Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, as manifestações contaram com os participantes vestindo as cores verde e amarelo, e cartazes pedindo o voto impresso e em apoio a Bolsonaro.

Uma busca reversa usando ferramentas como Google Imagens, Bing e Yandex mostra, no entanto, que a foto viralizada não tem relação com os atos do último dia 1º de agosto, já que circula pelo menos desde 2015.

A fotografia foi encontrada em sites (1, 2, 3) que atribuem o registro ao dia 16 de agosto de 2015, quando ocorriam protestos contra a então presidente Dilma Rousseff (2011-2016) em vários locais do Brasil, incluindo o Rio de Janeiro, na praia de Copacabana.

Nas redes sociais (1, 2, 3) também foi encontrada a foto viralizada com data de publicação do mesmo 16 de agosto de 2015 e com a alegação de que retratava a manifestação daquele dia.

O deputado estadual no Paraná pelo Partido Social Liberal (PSL) Delegado Francischini também compartilhou a imagem em sua página no Facebook, mas nos comentários alguns usuários afirmavam que a fotografia da praia de Copacabana seria anterior àquela data.

Embora não tenha sido possível encontrar a fotografia original, uma comparação entre algumas imagens feitas pela AFP (1, 2) em 15 de março de 2015 permitiu identificar elementos semelhantes aos vistos na foto viral. Na combinação de fotos abaixo, identificados pelos números 3 e 4 estão marcados, respectivamente, um carro de polícia e um dos caminhões de som.

Comparação feita em 2 de agosto de 2021 entre a imagem viralizada (E) e foto da AFP da manifestação contra Dilma Rousseff no Rio de Janeiro em 15 de março de 2015 (AFP / Yasuyoshi Chiba)

Naquela data, cerca de 1,5 milhão de pessoas foram às ruas em todo o país para protestar contra Dilma Rousseff, a favor de seu impeachment e pedindo a intervenção militar. Em Copacabana, os manifestantes gritavam “Fora Dilma, fora PT!” e cantavam o hino nacional.

Eleições 2022