Esta imagem de um comboio militar foi feita na França e não tem relação com o novo coronavírus

Copyright © AFP 2017-2020. Todos os direitos reservados.

Uma foto em que um comboio militar atravessa uma cidade foi compartilhada dezenas de milhares de vezes em redes sociais como se mostrasse o transporte de vítimas do novo coronavírus na Itália, um dos países mais afetados pela doença. A imagem foi feita, no entanto, na cidade francesa de Charenton-le-Pont, em março deste ano. Segundo o Ministério da Defesa da França, os caminhões estavam participando de um “movimento logístico sem ligação com a crise do coronavírus”.

“(796) corpos sendo transportados ao crematório na Itália (em 1 só dia) sem velório sem despedidas. E você aí pensando que é brincadeira”, diz legenda que acompanha a foto, em publicação compartilhada mais de 10 mil vezes no Facebook desde o último dia 24 de março.

Alegação semelhante aparece em diversas outras postagens no Facebook (1, 2, 3), Twitter (1, 2, 3) e Instagram (1, 2, 3), somando mais de 27 mil compartilhamentos desde 23 de março - momento em que a Itália registrava mais de 6 mil mortes pela COVID-19. 

Em espanhol, a mesma imagem também foi compartilhada pelo menos 13 mil vezes.

Captura de tela feita em 9 de abril de 2020 mostra foto publicada no Facebook

Um elemento indica, no entanto, que a foto não foi feita em território italiano: é possível identificar no canto superior esquerdo da imagem um estabelecimento comercial com o nome “Pharmacie”, que significa farmácia em francês. Em italiano, o nome seria “Farmacia”.

De fato, uma busca reversa* pela foto viralizada leva a uma publicação, feita em 16 de março deste ano no Twitter, que afirma que a imagem foi feita em Charenton-le-Pont, uma cidade localizada no subúrbio de Paris, na França.

Um pesquisa no Google Maps por farmácias localizadas nesta cidade permitiu encontrar o local exato em que a foto foi feita, como demonstrado abaixo:

Comparação, feita em 9 de abril de 2020, entre imagem publicada no Facebook (esquerda) e foto de satélite de farmácia em Charenton-le-Pont, disponibilizada no Google Maps

Para determinar a data da fotografia, a equipe de checagem da AFP pesquisou no Twitter pelas palavras-chave “Charenton armée” (Exército, em francês). A busca levou a diversos vídeos (1, 2) e fotos de um comboio militar atravessando a cidade em 16 de março de 2020 - mesma data do tuíte localizado anteriormente.

Um destes vídeos foi verificado pela equipe de checagem da AFP em francês. Contactado pela AFP para aquele artigo, o Ministério da Defesa da França explicou que o comboio militar estava atravessando Charenton-le-Pont em 16 de março por motivos de rotina.

“Os caminhões vistos em Charenton fazem parte de um movimento logístico sem ligação com a crise do coronavírus. O Exército continua a executar suas atividades operacionais relacionadas à realização de suas missões prioritárias. Isso inclui viagens limitadas”, disse a pasta, em tradução livre do francês.

Apesar da imagem verificada neste texto não retratar caminhões transportando vítimas do coronavírus na Itália, comboios militares foram utilizados com este propósito no país europeu, como checado anteriormente pela AFP.

Detectada no final de 2019 na cidade chinesa de Wuhan, a COVID-19 deixou - até 9 de abril - mais de 90 mil mortos e quase 1,6 milhão de casos de contágio em todo o mundo. Em 19 de março, a Itália superou a China em número de vítimas da doença. Atualmente, o país europeu registra mais de 18 mil mortes pelo coronavírus.

Em resumo, é falso que a imagem viralizada mostre caminhões transportando vítimas do novo coronavírus na Itália. A foto foi tirada em março deste ano na França. Segundo o Ministério da Defesa do país, o comboio militar estava atravessando a cidade devido a um “movimento logístico sem ligação com a crise do coronavírus”.

*Uma vez instalada a extensão InVid & WeVerify no navegador Chrome, clica-se com o botão direito sobre a imagem e o menu que aparece oferece a possibilidade de pesquisa da mesma em vários buscadores.

AFP Brasil