Em entrevista, Lula dizia como a elite brasileira enxerga a população negra

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Um vídeo no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva diz que os “negros não foram libertados para virar cidadãos ou cidadãs”, mas que “deixaram de ser escravos para virar vagabundos” foi compartilhado mais de 4,2 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 24 de abril. Mas a gravação foi cortada e não mostra o contexto da fala de Lula: em entrevista, o ex-chefe de Estado afirmava que a “elite” tratava e ainda trata a população negra a partir dessa visão de “vagabundos”.

“Lula diz negros são escravos e vagabundos”, diz o texto sobreposto a uma gravação do ex-presidente Lula compartilhada no Facebook (1, 2, 3).

Esse mesmo vídeo, visualizado mais de 9 mil vezes, circulou no Instagram (1, 2), no Twitter (1), no YouTube e no TikTok.

Captura de tela feita em 28 de maio de 2021 de uma publicação no Instagram

Uma busca reversa no Google Imagens pela captura de tela do vídeo levou a uma matéria publicada no site Diário do Centro do Mundo em 18 de maio de 2021 e intitulada: “Milícias bolsonaristas editam e distorcem entrevista de Lula ao DCM e divulgam fake news”.

Uma pesquisa no canal no YouTube do Diário do Centro do Mundo levou à entrevista na íntegra concedida por Lula (2003-2010) em 8 de abril de 2021 aos jornalistas Kiko Nogueira, Vinícius Segalla e Pedro Zambarda.

Aos 39 minutos e 52 segundos de vídeo, Lula afirma que vê em jornais manchetes a respeito de uma preocupação do mercado com a possibilidade de que ele volte ao poder, mas que os empresários “deveriam ter em conta que o que eles precisam do governo é que a sociedade esteja cada vez mais empregada, cada vez ganhando mais, porque quanto mais a sociedade estiver bem, mais o mercado vai estar bem”.

Em seguida, ele critica o fato de no Brasil existir “uma classe que é originária do escravagismo e que esse grupo acha que apenas eles poderiam viajar, comer e que “o restante tem que se lascar”. No fim dessa fala, Lula faz a declaração que viralizou nas redes, mas que no vídeo da entrevista de abril de 2021 é possível ser vista em seu contexto completo. 

“É assim desde a proclamação da república, desde o fim da escravidão, eles pensam assim, sabe: os negros não foram libertados para virar cidadãos ou cidadãs, eles deixaram de ser escravos para virar vagabundo, que é assim que a elite tratava eles e continua tratando até hoje. Então eu fico me perguntando: como é que a gente vai se rebelar enquanto ser humano e não aceitar mais isso?”, indicou o ex-presidente.

Um conteúdo semelhante foi verificado pelas equipes do Aos Fatos, da Agência Lupa e do Boatos.org.