Usuários erram ao vincular foto de rei Charles III à morte da rainha Elizabeth II; registro é de 2018

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Publicações compartilhadas mais de 1.500 vezes nas redes sociais afirmam que uma foto do rei Charles III usando um paletó com botões trocados foi tirada após a morte de sua mãe, a rainha Elizabeth II, em 8 de setembro de 2022. Mas as legendas são incorretas, uma vez que o registro foi feito na Gâmbia, em novembro de 2018.

“Um dia sem a mãe e já erra os botões”, diz alguns dos textos que acompanham a imagem, compartilhada no Facebook, Twitter e Instagram.

O conteúdo também circula em inglês.

Captura de tela feita em 20 de setembro de 2022 de uma publicação no Twitter ( .)

Mas essa foto não foi tirada após a morte de Elizabeth II. Uma busca reversa pela imagem viral com a ferramenta Google Lens levou a uma notícia de novembro de 2018.

Portanto, ainda que a foto de Charles III seja autêntica, ela é antiga: foi tirada em 1º de novembro daquele ano, quase quatro anos antes da morte da monarca, em 8 de setembro de 2022.

A imagem mostra Charles, então príncipe de Wales, ao lado de sua esposa Camilla no Cemitério de Guerra de Fajara, na Gâmbia, destinado a vítimas da Segunda Guerra Mundial.

Rei Charles III, então príncipe de Wales, e Camilla, então duquesa de Cornwall, visitam o Cemitério de Guerra de Fajara, na Gâmbia, em 1º de novembro de 2018 ( POOL / Luc Gnago)

Registros de 9 de setembro de 2022 do novo rei permitem observar que ele usava um terno de cor diferente do mostrado na foto viral.

Rei Charles III e Camilla, sua esposa, passam por flores deixadas no palácio de Buckingham, em Londres, em 9 de setembro de 2022 ( POOL / AFP / Yui Mok)
Rei Charles III conversa com a primeira-ministra britânica, Liz Truss, durante sua primeira reunião no palácio de Buckingham, em Londres, em 9 de setembro de 2022 ( POOL / AFP / Yui Mok)