Vídeo mostra inundação de abrigo de imigrantes, não de hospital de campanha em Manaus

Copyright © AFP 2017-2021. Todos os direitos reservados.

Um vídeo que supostamente mostra a inundação de um hospital de campanha para pacientes de covid-19 em Manaus foi visualizado mais de 100 mil vezes em redes sociais desde o início de maio. A gravação realmente foi feita na capital amazonense, mas retrata outro incidente: a destruição de um abrigo de imigrantes destinado principalmente a cidadãos venezuelanos, após fortes chuvas atingirem o local.

“Rio transbordou, levando hospital de campanha com paciente e tudo. Manaus agora pouco, meu Deus estamos mesmo vivendo o fim dos tempos”, diz uma das publicações, compartilhadas no Facebook (1, 2, 3), Instagram, Twitter e YouTube desde o último dia 3 de maio.

Todas as postagens acompanham um vídeo em que uma forte enxurrada de água atinge um pavilhão repleto de pessoas. “Misericórdia Jesus! Fizeram o hospital em um buraco e na beira do rio”, criticou um usuário. 

Captura de tela feita em 10 de maio de 2021 de uma publicação no Facebook

O vídeo viralizado não retrata, no entanto, um hospital de campanha.

Uma busca no Google pelas palavras-chave “Manaus”, “chuva” e “inundação” mostra que as mesmas imagens foram publicadas por diversos sites de notícias em reportagens (1, 2, 3) sobre a inundação de um abrigo destinado a imigrantes venezuelanos na capital do Amazonas, no último dia 3 de maio.

No mesmo dia, a Prefeitura de Manaus realmente noticiou que um Posto de Interiorização e Triagem da operação Acolhida - que oferece assistência emergencial a imigrantes e refugiados venezuelanos no Brasil - havia sido destruído após fortes chuvas atingirem a cidade.

Uma comparação entre as fotos do incidente divulgadas pela Prefeitura de Manaus e as imagens viralizadas permite confirmar que o vídeo compartilhado nas redes mostra o abrigo de imigrantes, como demonstrado abaixo: 

Comparação feita em 10 de maio de 2021 entre fotos publicadas no Flickr da Prefeitura de Manaus e capturas de tela de vídeo publicado no Facebook

Elementos do vídeo também podem ser identificados na imagem do abrigo de imigrantes disponibilizada na ferramenta Google Street View.

Comparação feita em 10 de maio de 2021 entre imagem do Google Street View e captura de tela do vídeo publicado no Facebook

Segundo reportado pela Prefeitura de Manaus, havia 41 pessoas no posto de acolhimento de refugiados no momento da inundação e oito ficaram “levemente feridas”.

Procurada pela equipe de checagem da AFP para informar se alguma outra edificação que funcionasse como hospital de campanha teria sido atingida pelas chuvas do último dia 3 de maio, a Prefeitura de Manaus indicou apenas que “não é responsável por nenhum hospital de campanha atualmente”. O AFP Checamos também não localizou qualquer registro de que isso tenha ocorrido.

De 2016 a 2019, mais de 150 mil venezuelanos entraram no Brasil fugindo da hiperinflação e da escassez de produtos que afeta o país governado por Nicolás Maduro. Devido à proximidade geográfica, a maior parte dos imigrantes se concentra na região Norte do país.

Conteúdo semelhante a este também foi verificado pelo site Agência Lupa.