Vídeo mostra o Sambódromo alagado no início de fevereiro de 2023, não durante o carnaval

Copyright © AFP 2017-2023. Todos os direitos reservados.

O vídeo que mostra a avenida do Sambódromo do Rio de Janeiro alagada não foi gravado após o desfile das escolas de samba durante o carnaval de 2023. A sequência, compartilhada com essa alegação centenas de vezes em redes sociais desde o último 19 de fevereiro, foi filmada em 8 de fevereiro de 2023 depois de um temporal atingir a cidade.

“Sambodromo do Rio de Janeiro virou um Rio ninguém brinca com Deus nem zomba de Deus o que Ele é soberano sobre todas as coisas!!! Sexta-feira o carro que exaltava o demonio pegou fogo e hoje a avenida só passa em barco.... CARNAVAL FRACASSADO GLORIA A DEUS”, diz uma das publicações compartilhadas no Facebook, no Twitter e no TikTok.

Captura de tela feita em 22 de fevereiro de 2023 de uma publicação no Facebook ( .)

A sequência viral mostra a passarela da Marquês de Sapucaí, o Sambódromo do Rio de Janeiro, totalmente alagada. Durante a gravação, escuta-se um homem falar que o alagamento seria um fato “inédito” e que o local estaria “um rio”.

A gravação foi difundida nas redes em meio a polêmicas envolvendo um carro alegórico da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro que trazia a figura de um demônio (1, 2, 3). Alguns usuários alegaram que a inundação teria ocorrido durante o carnaval de 2023 por consequência do uso de “figuras profanas” pela agremiação.

No entanto, uma busca reversa por capturas de tela da sequência usando a ferramenta InVid-WeVerify* indicou outro contexto.

A mesma gravação já havia sido publicada no YouTube em 8 de fevereiro de 2023 e o título detalhava que o alagamento teria ocorrido por conta de um forte temporal no dia anterior: “Sambódromo em baixo de água após tempestade que atingiu o RJ”.

Na noite do dia 7 de fevereiro de 2023, de fato, um temporal atingiu o Rio de Janeiro e deixou a cidade em estado de alerta com trechos alagados.

Na ocasião, foi noticiado que a passarela do Sambódromo também havia sido atingida pela chuva (1, 2). O portal UOL e a emissora SBT veicularam o vídeo viral para informar sobre o alagamento.

*Uma vez instalada a extensão InVid-WeVerify no navegador Chrome, clica-se com o botão direito sobre a imagem e o menu que aparece oferece a possibilidade de pesquisa da mesma em vários buscadores.