Vídeo que circula como se mostrasse Bolsonaro na Rússia foi gravado na Itália, em 2021

Copyright © AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Um vídeo em que supostamente o presidente Jair Bolsonaro é visto na Rússia em fevereiro de 2022 foi compartilhado mais de 7 mil vezes nas redes sociais desde o último 16 de fevereiro. No entanto, o registro, na verdade, foi feito durante uma visita do mandatário à Itália em novembro de 2021.

“Sucesso em qualquer lugar”, diz uma das publicações compartilhadas no Facebook (1, 2), no Twitter (1, 2, 3), no Kwai e no Instagram junto a um vídeo com a frase “Notícias. Bolsonaro Ma Rússia”. 

Captura de tela feita em 16 de fevereiro de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

No entanto, a filmagem, de pouco mais de 40 segundos de duração, não foi feita na Rússia.

Aos 16 segundos da gravação viralizada, é possível observar uma bandeira da Itália pendurada no muro de um portão pelo qual o presidente passa.

Comentários no vídeo viralizado indicaram que a gravação poderia ter sido feita em Anguillara Veneta, cidade italiana visitada por Bolsonaro em 1 de novembro de 2021. 

Uma busca feita pelo Checamos no Twitter do termo “Anguillara Veneta”  levou a uma publicação, feita na mesma data, de um registro com as mesmas imagens e a legenda “Anguillara Vêneta - Itália (01/11/2021)”

Bolsonaro esteve em Anguillara Veneta no final do ano passado para receber um título de cidadão honorário após sua participação na cúpula do G20, em Roma. A ocasião na pequena cidade italiana foi marcada por aplausos e protestos de manifestantes. 

No mesmo dia da visita, o presidente postou um vídeo em sua conta no Twitter, no qual ele pode ser visto no mesmo local e cercado pelas mesmas pessoas, por outro ângulo. 

 

Comparação feita em 16 de fevereiro de 2022 entre um vídeo viral publicado no Facebook (E) e o vídeo publicado no perfil do presidente Jair Bolsonaro no Twitter ( . / )


Veículos de mídia do Brasil e da Itália também mostraram Bolsonaro no mesmo local exibido pelo vídeo viralizado. 

Em 15 de fevereiro de 2022, o presidente brasileiro chegou a Moscou para um encontro oficial com seu homólogo russo, Vladimir Putin, no dia seguinte. 

A reunião bilateral ocorreu em meio às tensões pela crise na fronteira da Ucrânia.